You are currently viewing Políticos amazonenses lamentam morte de mãe do presidente Bolsonaro

Políticos amazonenses lamentam morte de mãe do presidente Bolsonaro

Políticos amazonenses lamentam morte de mãe do presidente Bolsonaro

Anúncios

Alguns políticos amazonenses prestaram solidariedade ao presidente Bolsonaro (PL) pelo falecimento de sua mãe, Olinda Bonturi, na madrugada desta sexta-feira, (21).Bolsonaro. Entre os políticos, o governador do Estado, Wilson Lima (PSC), e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), desejaram condolências à família e lamentam a perda da matriarca.

“Lamento profundamente o falecimento de D. Olinda, mãe do presidente Jair Bolsonaro. Nesse momento de profunda dor, me uno à família e amigos em orações e solidariedade. Que Deus a receba com glórias em Sua morada”, escreveu o governador Wilson Lima.

Já Arthur Virgílio, disse que deseja forças a toda família, e afirmou que ele e sua família estarão em oração.

“Minhas condolências ao presidente @jairbolsonaro e a todos seus familiares pela partida de sua mãe, Olinda Bonturi Bolsonaro. Que Deus lhes dê consolo e força neste momento de imensa tristeza. Eu e minha família estaremos em oração”, lamentou o ex-prefeito.

Além de Wilson e Arthur, outra pessoa que prestou sua solidariedade à família Bolsonaro, foi o senador Plínio Valério (PSDB).

“Meus sentimentos ao presidente @jairbolsonaro , @FlavioBolsonaro e todos os familiares pela perda da matriarca dona Olinda”, disse Plínio.

https://twitter.com/pliniovalerio45/status/1484550516533248002?s=21

O pré-candidato ao Senado, Coronel Alfredo Menezes (Sem partido), amigo pessoal do presidente Bolsonaro, lamentou a morte de dona Olinda, e também prestou solidariedade a um de seus melhores amigos.

“Dona Olinda teve uma vida muito digna! Que Deus a receba de braços abertos e preparado para lhe dar o mais caloroso dos abraços! Selva!”, afirmou o pré-candidato ao Senado.

Deputado Delegado Pablo Olívia (PSL), desejou forças ao presidente.

“Último encontro. Luto! Lamentamos a morte de Olinda Bonturi Bolsonaro, mãe do presidente Bolsonaro, ocorrida na madrugada desta sexta-feira. Desejamos força ao presidente neste momento de dor e luto”, lamentou Pablo.

Morte

A mãe do presidente Jair Bolsonaro (PL) morreu, aos 94 anos, após duas paradas cardiorrespiratórias, na madrugada desta sexta-feira (21). As informações foram confirmadas pela prefeitura de Eldorado, cidade onde ela será velada e sepultada e que fica localizada no interior de São Paulo.

O anúncio da morte foi feito pelo presidente em suas redes sociais. “Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, escreveu ele no Twitter.

Na mesma publicação em que anunciou a morte da mãe, Bolsonaro também afirmou que se prepara para voltar ao Brasil. O presidente cancelou viagem oficial à Guiana para ir ao enterro.

Bolsonaro viajou na manhã de quinta-feira (20) para Paramaribo, no Suriname, e chegou à cidade por volta de 12h, no horário de Brasília. Essa era a primeira parada da viagem que duraria dois dias e também incluiria a Guiana.

Deixe um comentário