Praia da Ponta Negra tem interdição prorrogada até 15 de março

Praia da Ponta Negra tem interdição prorrogada até 15 de março

Praia da Ponta Negra tem interdição prorrogada até 15 de março

No enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, o prefeito de Manaus, David Almeida, voltou a prorrogar a interdição da  praia do Complexo Turístico da Ponta Negra, zona Oeste, até o dia 15 de março. A medida consta no Decreto nº 5.209, publicado nesta segunda-feira, (1), no Diário Oficial do Município (DOM).

Anúncios

“Não é momento de abrir a Ponta Negra, todos os dias famílias têm vidas ceifadas por esse vírus tão perigoso. Temos tomado todas as medidas restritivas que nos cabem para conter o avanço da pandemia em Manaus, enquanto avançamos na vacinação dos grupos prioritários”, disse o prefeito.

A nova interdição considera o Decreto nº 5.001, de 4 de janeiro de 2021, que declarou situação anormal, caracterizada como emergencial no município de Manaus, pelo período de 180 dias, em razão da pandemia da Covid-19.

A praia está interditada desde o dia 18 de setembro de 2020, quando o número de casos da doença voltou a aumentar na capital, e permaneceu fechada tanto no aniversário de Manaus, 24 de outubro, quanto nas festividades de final de ano, Natal e Ano Novo.

Na área do calçadão, onde a população voltou a frequentar o espaço para atividades físicas ao ar livre, em decorrência da flexibilização do decreto estadual, a Guarda Municipal mantém a fiscalização e orientação dos usuários.

Deixe um comentário