Você está visualizando atualmente Prefeitura de Manaus e parceiros realizam mais de 22 mil atendimentos durante a sexta edição do ‘Manaus Mais Cidadã’

Prefeitura de Manaus e parceiros realizam mais de 22 mil atendimentos durante a sexta edição do ‘Manaus Mais Cidadã’

Prefeitura de Manaus e parceiros realizam mais de 22 mil atendimentos durante a sexta edição do ‘Manaus Mais Cidadã’

A 6ª edição do mutirão da cidadania “Manaus Mais Cidadã”, da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), encerrou as atividades neste sábado (23), com um total de 22.800 atendimentos realizados. A ação conta com o apoio de mais de 30 secretarias municipais, estaduais e Organizações da Sociedade Civil (OSCs) parceiras.

Com mais de 130 serviços gratuitos oferecidos à população durante esta edição, o mutirão foi realizado nas instalações da escola municipal Santa Rosa 2, na comunidade Parque das Tribos, no bairro Tarumã-Açu, zona Oeste, onde mais de 5,5 mil pessoas foram recebidas e atendidas ao longo do dia.

“O ‘Manaus Mais Cidadã’ tem se demonstrado como uma ação extremamente exitosa, já que, ao menos, uma vez por mês, conseguimos garantir às pessoas que vivem em comunidades como esta um acesso facilitado a diversos serviços essenciais. É trabalho da prefeitura melhorar a qualidade de vida da população e, por isso, trabalhamos para alcançar essas famílias com o ‘Manaus Mais Cidadã’, para levar nossos serviços até a porta do cidadão”, destacou o secretário da Semasc, Eduardo Lucas.

Diretor do Departamento de Direitos Humanos da Subsecretaria de Políticas Afirmativas para Mulheres e Direitos Humanos e principal articulador das ações do programa “Manaus Mais Cidadã”, Lúcio Moisés Gusmão destacou, ainda, a importância dos mutirões como parte de um processo contínuo da evolução da presença do poder público em áreas de extrema vulnerabilidade social.

“Sabemos que a cobertura dos serviços públicos em áreas como a comunidade Parque das Tribos ainda possui inúmeras carências, mas, graças ao nosso prefeito David Almeida, o poder público vem, atualmente, trabalhando para se fazer mais presente nessas regiões da cidade. Hoje, por exemplo, é um momento em que nós trabalhamos para atender todas essas demandas reprimidas durante o dia a dia dessas famílias, demandas de serviços socioassistenciais, de saúde, de atendimento psicológico e muito mais”, explicou o diretor.

Entre os serviços oferecidos durante todo o dia, os mais procurados pela população foram os relativos à inserção e atualização do Cadastro Único; serviços de saúde, como atendimento odontológico e consultas ao clínico geral; emissão de documentação básica, serviços de embelezamento, além da regularização do Título de Eleitor, novidade desta edição.

Para o cacique Ismael Munduruku, representante eleito das 35 etnias indígenas presentes no Parque das Tribos, todos os serviços oferecidos aos comunitários durante esta e outras ações realizadas na comunidade, ao longo do ano, marcam um momento inteiramente novo na relação entre a gestão municipal e o povo.

“É simplesmente maravilhoso. A Prefeitura de Manaus é , hoje, o maior parceiro do Parque das Tribos que nós temos, coisa que eu nunca havia visto em uma gestão antes. Éramos uma região muito desassistida, mas, hoje conseguimos enxergar o carinho, a atenção, a preocupação e o empenho direcionados ao Tarumã-Açu. É uma nova história, e é uma história linda”, concluiu.

Trabalho que satisfaz a população

A dona de casa Vicelônia Albuquerque, 43, da etnia piratapuia, não apenas aproveitou a ação para resolver algumas pendências em relação ao Título Eleitoral, como também garantiu que a família não perdesse a oportunidade.

“Moro no Parque das Tribos há nove anos e nunca havia conseguido mudar meu local de votação, o que sempre dificultou minha vida em época de eleições, então, a ação de hoje é realmente uma benção. Vindo para cá, já trouxe minha mãe, que estava precisando regularizar uma nova ligação de energia elétrica na casa dela, e minha cunhada, que hoje veio em busca de ser inserida no Bolsa Família”, explicou Vicelônia.

Quem compareceu com sua família em peso para a 6ª edição do “Manaus Mais Cidadã” foi a também dona de casa Ivanilde da Cruz, 58, acompanhada do marido e dos dois filhos.

“Meu marido veio em busca de um atendimento com o clínico geral, meus filhos foram atendidos pelo dentista e eu vou ao espaço da Águas de Manaus verificar informações sobre a Tarifa Social. Então, é realmente uma ação muito útil para nós. Muitos não têm condições de fazer essas coisas, durante a semana, por conta do trabalho ou pela falta de dinheiro mesmo, por isso, chegar aqui e ser bem atendido em todos os serviços é algo muito, muito bom”, destacou.

E, é claro que, depois de um bom atendimento e ter suas pendências resolvidas, por que não parar para cuidar um pouco da aparência e autoestima? Foi o caso da comunitária Dionedes Araújo, 31, que adorou o serviço de esmaltação de unhas oferecido na ação.

“Eu vim em busca do serviço de atendimento odontológico e depois decidi que seria uma ótima ideia cuidar um pouco de mim. Gostei demais da ação, realmente muito boa”, concluiu.

Parceiros

A iniciativa “Manaus Mais Cidadã” é coordenada pela Semasc, em parceria com as secretarias municipais da Saúde (Semsa); do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi); de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg); de Educação (Semed); do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas); de Limpeza Urbana (Semulsp); de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef); de Administração (Semad); de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); e de Infraestrutura (Seminf), além do Fundo Manaus Solidária (FMS), Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Fundação Manaus Esporte, Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Casa Militar, Casa Civil, Fundação Doutor Thomas, Conselho Tutelar, Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM), Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Amazonas Energia, Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), agências humanitárias da ONU (Acnur, Unicef, UNFPA e OIM) e Organizações da Sociedade Civil.

Deixe um comentário