Você está visualizando atualmente Prefeitura de Manaus prorroga vacinação contra a influenza 

Prefeitura de Manaus prorroga vacinação contra a influenza 

Prefeitura de Manaus prorroga vacinação contra a influenza 

Prefeitura de Manaus vai prorrogar, até fevereiro de 2024, a vacinação contra a influenza (gripe) para os 18 grupos prioritários determinados pelo Ministério da Saúde. A medida visa aumentar a cobertura vacinal que, até o momento, alcança apenas 20% do público-alvo. As doses do imunizante seguirão disponíveis em 167 salas de vacina da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), distribuídas em todas as zonas geográficas da capital.

De acordo com a titular da Semsa, Shádia Fraxe, a meta da imunização, que teve início no dia 13 de novembro e seria encerrada nesta sexta-feira, 15/12, é vacinar 90% das 567 mil pessoas que compõem sete grupos – crianças com idade de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); indígenas, a partir dos 6 meses de idade; idosos com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde; e professores do ensino básico e superior.

Além desses, devem ser vacinados outros 11 grupos prioritários, para os quais não há meta: pessoas com deficiência permanente; pessoas em situação de rua; forças de segurança e salvamento; Forças Armadas; caminhoneiros; trabalhadores do transporte coletivo; trabalhadores portuários; pessoas privadas de liberdade; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em cumprimento de medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas.

“Infelizmente, em Manaus e no restante da região Norte, a adesão à vacina ainda está muito abaixo do ideal e precisamos reverter esse quadro para evitar que a população esteja vulnerável ao vírus da gripe”, destaca a secretária. Ela alerta para a necessidade da imunização, especialmente, neste período do ano, quando as chuvas são mais intensas, a umidade aumenta e as doenças respiratórias são mais frequentes.

Shádia Fraxe lembra que esta é a primeira vez que a imunização contra a influenza é realizada nesta época, justamente porque o Ministério da Saúde reconheceu a diferença de sazonalidade da região Norte em relação ao restante do país.

A secretária ressalta que mesmo as pessoas que se vacinaram no primeiro semestre do ano devem receber uma nova dose agora. A vacina utilizada na ação é a influenza trivalente, que pode ser administrada com outras vacinas do calendário de imunização, sem intervalo entre as doses.

Para receber a vacina contra a influenza, os usuários devem apresentar documento oficial de identificação, CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS), e documento que ateste sua inclusão nos grupos prioritários.

As pessoas com doença febril ou com diagnóstico de Covid-19 não devem se vacinar até que estejam completamente recuperadas.

Das 167 salas de vacina da secretaria, nove funcionam das 8h até as 20h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, aos sábados. A lista com endereços e horários de todos os estabelecimentos está disponível em https://bit.ly/SalasVacinaManaus.

Deixe um comentário