Você está visualizando atualmente Prefeitura libera reforço da bivalente para pessoas com 60 anos ou mais e imunossuprimidos

Prefeitura libera reforço da bivalente para pessoas com 60 anos ou mais e imunossuprimidos

Prefeitura libera reforço da bivalente para pessoas com 60 anos ou mais e imunossuprimidos

Prefeitura de Manaus informa que, a partir desta segunda-feira (18), a dose de reforço da vacina bivalente contra a Covid-19 estará liberada para pessoas com 60 anos ou mais e para os usuários imunocomprometidos acima dos 12 anos, que tenham recebido a última dose do imunizante há mais de seis meses.

A titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, reitera que oferta da bivalente, imunobiológico que fortalece as defesas do organismo contra a cepa original da Covid, variante ômicron e suas subvariantes, segue a recomendação do Ministério da Saúde, formalizada por meio da nota técnica nº 83/2003.

A secretária explica que a medida foi motivada pela detecção de subvariantes do Sars-Cov-2 e novas sublinhagens no Brasil. Outro fator foi a alteração do cenário epidemiológico no Ceará, que apresentou surto de Covid-19 (aumento localizado no número de casos), pela cepa JN.1.

“As pessoas com 60 anos de idade ou mais e os imunossuprimidos são mais suscetíveis às formas graves da Covid-19, que, embora apresente um cenário tranquilo em Manaus, segue sendo uma preocupação. O reforço com a bivalente é um passo importante para controlar e reduzir a circulação dos vírus, principalmente no período chuvoso. Nosso pedido agora é para que esses grupos se vacinem”, reitera.

Fazem parte do grupo de imunossuprimidos as pessoas com imunodeficiência primária grave; quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH); uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids; uso de corticóides em doses ≥ 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥ 14 dias; uso de drogas modificadoras da resposta imune; auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias; pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

Dados do Vacinômetro mostram que 287.941 pessoas já haviam se protegido com a bivalente até esta sexta-feira (15).

A vacina bivalente começou a ser ofertada pela Semsa em fevereiro deste ano, contemplando, inicialmente, sete grupos prioritários, incluindo idosos, gestantes e puérperas, imunossuprimidos, pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, indígenas aldeados, ribeirinhos e quilombolas.

A partir de março, a dose de reforço foi liberada para usuários com comorbidades na faixa etária dos 12 aos 59 anos e, no mês de abril, os usuários a partir dos 18 anos já podiam fortalecer sua proteção vacinal com a bivalente.

Para receber a vacina é necessário que os usuários apresentem documento oficial com foto, Cartão Nacional do SUS e cartão de vacina.

Para se informar sobre sua situação vacinal o usuário pode consultar a plataforma Imuniza Manaus pelo endereço: imuniza.manaus.am.gov.br. Os endereços e horários das unidades de saúde da Semsa podem ser conferidos no link: bit.ly/localvacinacovid19.

Deixe um comentário