You are currently viewing Professor de Anatomia da UEA é afastado por suspeita de traficar órgãos humanos

Professor de Anatomia da UEA é afastado por suspeita de traficar órgãos humanos

Professor de Anatomia da UEA é afastado por suspeita de traficar órgãos humanos

Anúncios

Um professor da disciplina de Anatomia, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), foi afastado por 30 dias por suspeita de traficar órgãos humanos. A UEA informou que a medida foi tomada na manhã desta terça-feira (22), após ordem da 4ª Vara da Justiça Federal.

A Polícia Federal investiga o envio de uma mão e três placentas humanas de Manaus para Singapura, na Ásia. O destinatário é um famoso designer indonésio que vende acessórios e peças de roupas utilizando materiais de natureza humana.

Dois mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta terça, um na casa do professor e outro no laboratório da UEA.

De acordo com a instituição, foi realizada busca e apreensão pela Polícia Federal de um computador e peças anatômicas tratadas por meio de plastinação, utilizadas como prática de ensino da disciplina, no laboratório de Anatomia.

Segundo as investigações, os órgãos humanos foram plastinados para o envio. O laboratório da UEA realiza a técnica de plastinação desde 2017.

A plastinação é um procedimento técnico de preservação de matéria biológica, criado pelo cientista Gunther Von Hagens em 1977, e que consiste em extrair os líquidos corporais, tais como a água e os lipídios, através de métodos químicos, para substituí-los por resinas elásticas de silicone e rígidas epóxicas.

“A Reitoria da UEA cumpriu a ordem judicial e determinou a abertura de sindicância para a apuração dos fatos e responsabilidades”, informou a nota.

Deixe um comentário