PT saí de cena, centrão domina e MDB leva a maioria 

PT saí de cena, centrão domina e MDB leva a maioria 

PT saí de cena, centrão domina e MDB leva a maioria

Os candidatos mais jovens da esquerda perderam, por diferença de votos maior do que as das projeções de véspera das pesquisas. O PT não venceu nenhuma capital. O PSOL conquistou Belém, com Edmilson Rodrigues, prefeito agora pela terceira vez, com um vice do PT, batendo o candidato bolsonarista.

Anúncios

As derrotas do PT indicam que a maioria do eleitorado brasileiro procura alternativas ou pode prestar atenção nelas. As lideranças nacionais da esquerda, ao menos em poder de voto, estão divididas em vários partidos, das velhas às novas, e o PT saí de cena.

Das legendas contadas como “esquerda” na geografia do Congresso, apenas o PDT de Ciro Gomes teve resultados razoáveis, em termos de números.

Com a queda das eleições e candidatos bolsonaristas não se elegendo, a eleição foi dominada pelas sublegendas do centrão, o MDB que mais elege desde 2016, através do crescimento do PSD e pelo ressurgimento do DEM, sigla que mais cresceu em números absolutos na comparação com quatro anos atrás.

Moderação

O deputado federal, Marcelo Ramos (PL), comemorou esse novo momento da política brasileira. Segundo Ramos, a expectativa é moderação na polarização no Brasil.

“Encerradas as eleições municipais, perderam os extremistas, os caricatos e os que negam a política. O pêndulo da política veio para o centro. Resta ao centro afastar-se do fisiologismo e construir uma plataforma moderada para o país. Isso pode construir um caminho para futuro”, declarou o ex-comunista.

MDB leva mais uma

O MDB continua com o maior número de prefeituras, assim como nas eleições passadas. E o senador Eduardo Braga (MDB-AM), parabenizou a vitória do partido através dos eleitos em todo o Brasil.

“Parabéns a todos os prefeitos e vice-prefeitos que foram eleitos do MDB. Que possam exercer suas funções com bastante sabedoria”, disse.

Braga agradeceu o povo amazonense, pois a sigla marca a maior bancada eleita no interior do Amazonas em anos, bem como de vice-prefeito.

O MDB elegeu trezes prefeitos, onze vices-prefeitos e 85 vereadores nos 61 municípios do Amazonas.

Deixe um comentário