‘Quem avisa sensato é’, diz Arthur Virgílio sobre defesa do Meio Ambiente

‘Quem avisa sensato é’, diz Arthur Virgílio sobre defesa do Meio Ambiente

‘Quem avisa sensato é’, diz Arthur Virgílio sobre defesa do Meio Ambiente

Na manhã de hoje (17) o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), criticou a forma como o governo Bolsonaro está tratando o Meio Ambiente e relatou também as críticas abertas, repetidas e nominais que os candidatos democratas do EUA Joe Biden, e a vice Kamala Harris, fizeram a Jair Bolsonaro nos últimos meses, sobre o fato dele falhar na sua tarefa de guardião da floresta Amazônica.

Em sua postagem no twitter, Arthur advertiu e alertou Bolsonaro. “Quem avisa sensato é. O candidato democrata nos EUA, Joe Biden, e a vice Kamala Harris advertiram Bolsonaro de que não hesitarão ‘em congregar o mundo na defesa do meio ambiente’”, escreveu o prefeito.

A mensagem do prefeito, vem após uma declaração de Joe Biden em uma em entrevista à revista americana Americas Quartely em março de 2020.

“O presidente Bolsonaro precisa saber que se o Brasil falhar na sua tarefa de guardião da floresta Amazônica, o meu governo irá congregar o mundo para garantir que o meio ambiente esteja protegido”, afirmou Joe Biden.

Arthur ainda salientou que nunca ninguém falou tão claro sobre o desrespeito aos índios, desmatamentos e queimadas que virarão questão internacional e seríssima para o Brasil.

“A posição da chapa democrata, hoje, é privilegiada. Trump está mal eleitoralmente. Bolsonaro, que pretende abrir diálogo com Biden, deve começar já. A pauta está na mesa”, disse que Arthur que completou, afirmando que “apoiar grileiros e garimpeiros e destruir nosso patrimônio genético não irá até o fim. Acabará antes, sem dúvida”.

Ao finalizar sua postagem sobre o Meio Ambiente, Arthur ainda comentou. “Uma questão nacional, essencial para o futuro do Brasil -Amazônia, vira internacional. É criar vergonha e resolver o que é nosso com altivez e aqui dentro”, expressou ele ao dizer tambem

“O vice-presidente Mourão fará live com o presidente da CNI, Robson Andrade, sobre Amazônia. Zero de empresário, cientista ou dirigente da região. Hoje vou fazer um tutu à mineira e dizer que inventei esse prato”, criticou.

Deixe um comentário