You are currently viewing Ramos critica intervenção no preço dos combustíveis: ‘Interesses demagógicos’

Ramos critica intervenção no preço dos combustíveis: ‘Interesses demagógicos’

Ramos critica intervenção no preço dos combustíveis: ‘Interesses demagógicos’

Anúncios

Após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), descartar tramitação da PEC dos Combustíveis, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PSD-AM), endossou críticas direcionadas ao governo de Jair Bolsonaro (PL).

Ramos afirmou que todos deveriam ter aprendido que intervir nos preços dos combustíveis e energia “por interesses demagógicos e eleitorais” tem graves consequências que chegam no curto prazo e “recaem sempre sobre os mais pobres”.

“Não seria preciso lembrar que, no caso da energia, um dos motivos do aumento das tarifas muito acima da inflação foi a redução demagógica do preço num passado recente”, disse o parlamentar em um site pessoal criado recentemente.

O vice da Câmara, que se filiou recentemente ao PSD após deixar o PL com a chegada de Bolsonaro, afirmou ainda que as tentativas de mexer no preço dos combustíveis, com renúncia fiscal de R$ 100 bilhões, são aventuras.

“O mais absurdo é perceber que essas aventuras parecem pouco diante do desejo de uma mudança constitucional que simplesmente avacalhara a Lei de Responsabilidade Fiscal e permitirá a volta das renúncias fiscais sem garantias de recomposição do orçamento. É sempre bom lembrar que onde passa um boi passa uma boiada”, afirmou o deputado.

Deixe um comentário