Ramos repudia fala de economista sobre ZFM e afirma: ‘Ataque sórdido’

Ramos repudia fala de economista sobre ZFM e afirma: ‘Ataque sórdido’

Ramos repudia fala de economista sobre ZFM e afirma: ‘Ataque sórdido’

Anúncios

No último final de semana o deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), manifestou repúdio após as declarações do economista Alexandre Scheinkman, sobre a Zona Franca de Manaus (ZFM), em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo e os empregos gerados no âmbito do Amazonas.

“A Zona Franca de Manaus custa dinheiro e não tem nenhum impacto no bem estar dos amazonenses”, para o parlamentar não tem como justificar tal declaração que não seja pelo completo desconhecimento da realidade da ZFM e os impactos do modelo na economia do estado do Amazonas e também “por absoluto preconceito com o povo da região norte, em especial do meu querido estado do Amazonas”.

Para o parlamentar a declaração do economista ignora 90% da receita do ICMS gerado no estado do Amazonas. “O que garante escola para nossos filhos, saúde para nossas famílias, serviço públicos para nossa população. E ignora mais ainda que é esse ICMS, repassado para nossos municípios sustenta o mínimo de dignidade de serviços públicos para milhões de brasileiros que moram no interior do estado do Amazonas. Mas mais do que isso, a declaração ignora o relevante impacto positivo do ponto de vista ambiental da ZFM que ofereceu ao estado do Amazonas um modelo econômico de desenvolvimento de geração de emprego e renda não impactante no meio ambiente e que nos faz o estado com o maior índice de preservação da floresta do Brasil, portanto, seu Alexandre Sheinkman, fique com seu preconceito, com a sua ignorância, mas deixe em paz os empregos e à economia do estado do Amazonas”, afirmou o parlamentar.

Ramos aproveitou a oportunidade para convidar o economista para fazer uma visitar ao estado do Amazonas, e ao polo industrial de Manaus e afirmou que o conhecimento do estudioso é meramente teórico e mesmo no ponto de vista teórico frágil. Por não considerar os efeitos da ZFM na vida dos empregados do Polo Industrial de Manaus e na vida da economia do estado do Amazonas.

“Nós seguiremos defendendo a ZFM e os empregos do amazonenses contra ataques sórdidos como esse que foi proferido pela entrevista do senhor Alexandre Sheinkman”, declarou Marcelo Ramos.

Deixe um comentário