Você está visualizando atualmente Reformulação no TCE-AM: Presidente Yara Amazônia Lins nomeia novo secretariado para biênio 2024-2025

Reformulação no TCE-AM: Presidente Yara Amazônia Lins nomeia novo secretariado para biênio 2024-2025

Reformulação no TCE-AM: Presidente Yara Amazônia Lins nomeia novo secretariado para biênio 2024-2025

Com o objetivo de melhorar ainda mais as atividades do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), a presidente da Corte de Contas, conselheira Yara Amazônia Lins, nomeou um novo secretariado para o biênio 2024-2025. As mudanças do secretariado do TCE foram realizadas nesses 50 dias de gestão da conselheira-presidente Yara Amazônia Lins visando agregar na execução das ações internas e externas ao Tribunal.

Serão cinco secretarias na nova gestão, sendo eles a Secretaria Geral de Controle Externo (Secex), a Secretaria Geral de Administração (Seger), a Secretaria do Tribunal Pleno (Sepleno), a Secretaria de Tecnologia da Informação (Setin) e a Secretaria de Inteligência.

Escolhido para compor a gestão deste biênio, Stanley Scherrer, é o novo secretário-geral de Controle Externo. A unidade superior de controle externo do TCE-AM é uma das mais importantes da Corte. Ela é responsável pelo acompanhamento e avaliação de relatórios e dados estatísticos periódicos sobre o desempenho de atividades internas de órgãos da administração municipal e estadual.

Para dar apoio à Direção Geral, ao Corpo Deliberativo e ao Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM), foi anunciado como secretário-geral de Administração, Antônio Carlos da Rosa Junior. O novo secretário irá organizar, coordenar e planejar as atividades relacionadas às funções de administração geral, de pessoal, contábil, financeira, orçamentária, patrimonial e de serviços gerais da Corte.

Bianca Figliuolo é a nova secretária do Tribunal Pleno. A Sepleno tem como principal função apoiar o Plenário nas sessões de julgamento, administrativas, solenes e especiais, bem como executar as atividades de apoio técnico essenciais ao funcionamento dos gabinetes de conselheiros e auditores. Dentre as suas principais atribuições estão o preparo e distribuição das pautas, a elaboração dos extratos das decisões dos processos julgados e dos despachos dos conselheiros-relatores para comunicação e publicação e controle de prazos para o fiel cumprimento das decisões.

A recém-criada Secretaria de Inteligência terá o delegado aposentado da Polícia Federal (PF), Sérgio Fontes, no cargo de secretário de Inteligência do Tribunal. A Secretaria tem por objetivo a coleta de dados e informações necessárias para aumentar a fiscalização de irregularidades entre os órgãos jurisdicionados.

Allan Bezerra assume o cargo de secretário de Tecnologia da Informação, e fica responsável por formular diretrizes, normas e procedimentos para a utilização dos recursos relacionados à área de tecnologia. Além disso, a Setin tem a responsabilidade de gerenciar o portfólio de serviços e produtos de tecnologia da informação da Corte de Contas e garantir a aplicação de políticas de segurança.

Deixe um comentário