Restaurante Village fecha as portas em Manaus
A proprietária, Helena Brito, lamentou a notícia e agradeceu aos parceiros que estiveram junto com ela em toda sua caminhada, nos últimos 25 anos (Reprodução/Instagram)

Restaurante Village fecha as portas em Manaus

Restaurante Village fecha as portas em Manaus

Anúncios

Um dos mais tradicionais restaurantes de Manaus, Village Casa de Comidas, fechou suas portas após 25 anos. O anúncio é apenas mais um resultado da crise causada pela pandemia. Por meio da página do Instagram do restaurante, a proprietária e fundadora do local, empresária Helena Brito, lamentou a notícia e agradeceu aos parceiros que estiveram junto com ela em toda sua caminhada.

“Hoje, 20/06/2.021 é um dia que mudará totalmente o rumo da minha vida, foi o último dia de funcionamento do Restaurante Village, também chamado carinhosamente de “Village Casa de Comidas […] Hoje, 25 anos depois, aqui estou eu, me entregando à mais completa e dura realidade: O Village não conseguiu sobreviver a todas as crises e pandemias que tivemos”, escreveu Helena.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by @villagemanaus

A história de Helena é a realidade de muitos empresários na capital amazonense, que não sobreviveram a crise causada pela pandemia, e precisaram abrir mão de seus negócios. A pandemia do coronavírus tirou quase 10 milhões de brasileiros do empreendedorismo, sendo que as mulheres foram as que mais se viram obrigadas a fechar suas empresas. É o que revela o relatório da Global Entrepreneurship Monitor 2020 – pesquisa realizada no país pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ).

Aumenta a Preocupação

De acordo com o Sebrae, o número de brasileiros com um negócio estabelecido há pelo menos 3,5 anos desabou de 22,3 milhões em 2019 para 12 milhões em 2020. O encolhimento do empreendedorismo no país só não foi ainda maior porque continuou a crescer no ano passado o número de novatos. A participação das mulheres entre os empreendedores iniciais também caiu no ano passado, para 45,9%, contra 50% em 2019.

Alguns setores sentem ainda mais a crise. Os maiores índices de empresários aflitos estão nos seguintes setores: Serviços de alimentação com 68%; Economia criativa com 67%; Beleza com 64%; Pet shops com 62%; Turismo, moda e energia com 60% cada.

Veja nota do Restaurante Village na íntegra

Amigos,
Hoje, 20/06/2.021 é um dia que mudará totalmente o rumo da minha vida.
Hoje foi o último dia de funcionamento do Restaurante VILLAGE, também chamado carinhosamente de “VILLAGE CASA DE COMIDAS”.
No dia 12/10/1996, eu conseguia realizar aquilo que era meu sonho de anos!
Sonho realizado, minha alegria e dedicação de anos à fios.
Deixei de lado muitas vezes, a minha família, os meus amores, até a minha vida, para me dedicar exclusivamente à um negócio que era fruto do meu trabalho de anos no La Barca com meu ex marido Maxwell, depois no Le Jardin com minhas amigas Hermengarda e Carmelita.
Depois disso, veio a concretização do meu mais ousado sonho: A abertura do “Meu ….. só meu, Restaurante” – inaugurado como eu havia previsto: Casa bonita, cardápio arrojado pra época: scargot, lagostas, haddock, carne de coelho, bacalhau, tudo de frutos do mar…… sem nada igual na cidade. O chefe de cozinha com estágio feito no Fasano de São Paulo, (conseguido por mim à duras penas). Tudo como eu havia sonhado!
Hoje, 25 anos depois, aqui estou eu, me entregando à mais completa e dura realidade: O VILLAGE NÃO CONSEGUIU SOBREVIVER À TODAS AS CRISES E PANDEMIAS QUE TIVEMOS.
Afirmo que lutei contra essa realidade! Coloquei no Village, até os meus últimos centavos, para não ver isso acontecer! Mas infelizmente não consegui!
Agora só me resta agradecer aos inúmeros funcionários que passaram pelo Village, sendo que hoje, muitos deles se tornaram meus amigos e alguns até chamados de filhos.
Meus grandes filhos!
Não posso deixar de agradecer ao Chiquinho, Idelfonso, Sergio Amorim, Ricardo, Natanael, Joaquim, Pereira, Renata……e tantos outros! Até mesmo aqueles que já nem fazem mais parte desse mundo que vivemos.
Todos, um a um, fizeram parte da linda história de vida do VILLAGE!
Agradecer também aos meus incontáveis clientes e amigos, que tanto me prestigiaram e me incentivaram.
E do alto da minha grande tristeza, só me resta dizer-lhes do fundo do meu coração: JAMAIS OS ESQUECEREI! MUITO OBRIGADA!

Helena Brito

Deixe um comentário