Você está visualizando atualmente Roberto Cidade condena atitude de Amom e faz críticas ao prefeito David Almeida

Roberto Cidade condena atitude de Amom e faz críticas ao prefeito David Almeida

Roberto Cidade condena atitude de Amom e faz críticas ao prefeito David Almeida

O pré-candidato à prefeitura de Manaus, Roberto Cidade, não poupou críticas à atitude do deputado federal Amom Mandel, que foi denunciado por crime ambiental após despejar toneladas de lixo na frente do aterro sanitário da cidade. Em suas redes sociais, Cidade expressou sua indignação e disse que Manaus merece mais respeito por parte de alguns políticos.

“É lixo pra todo lado. Que tal parar de molecagem e amadorismo e olhar pros manauaras com o respeito que eles merecem?”, questionou Cidade em sua postagem.

Além de condenar a atitude de Amom Mandel, Roberto Cidade também fez críticas ao atual prefeito, David Almeida, apontando para a situação do acúmulo de lixo em igarapés e diversos pontos da cidade.

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas ressaltou a importância de agir em prol do interesse coletivo e de trabalhar para o benefício da cidade. ‘Tem muita gente contra, vamos jogar a favor da nossa cidade. “Respeita Manaus.’, enfatizou o pré-candidato, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento e a qualidade de vida dos manauaras.

Entenda o caso

Ontem (13), o deputado federal Amom Mandel (Cidadania) foi acusado de cometer um crime ambiental. O pré-candidato à prefeitura de Manaus foi denunciado por despejar toneladas de lixo na frente do aterro sanitário da cidade, além de ser acusado por servidores da prefeitura de causar tumulto e roubo.

O secretário da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana e Serviços Públicos (Semulsp), Sabá Reis, esteve no local e classificou a atitude de Amom como infantil e oportunista.

“O aterro possui regras e procedimentos. Não é a casa da Mãe Joana”, afirmou Sabá Reis.

O secretário de Meio Ambiente do município, Antonio Stroski, declarou que Amom desrespeitou as leis e cometeu um crime ambiental, com agravante por despejar lixo em uma rodovia pública.

“Amom protagonizou um espetáculo hoje, um verdadeiro circo. Todas as medidas legais estão sendo tomadas para processá-lo civil e criminalmente”, disse Stroski.

Ainda segundo um funcionário da limpeza publica do município, sua bolsa teria sido furtada por um integrante da equipe de Amom. 

Vídeos divulgados na internet mostram Amom em cima de um caminhão-carreta, despejando os resíduos no chão e ordenando que os trabalhadores os recolham.

Deixe um comentário