Roberto Cidade denuncia ‘saqueamento administrativo’ em Presidente Figueiredo

Roberto Cidade denuncia ‘saqueamento administrativo’ em Presidente Figueiredo

Roberto Cidade denuncia ‘saqueamento administrativo’ em Presidente Figueiredo

Anúncios

O deputado estadual Roberto Cidade (PV), denunciou que o município de Presidente Figueiredo tem sofrido ‘saqueamento administrativo’, depois da cassação do ex-prefeito Romeiro Mendonça e seu vice-prefeito, Mário Abrahão, ambos do PDT.

De acordo com o parlamentar, desde a saída dos gestores cassados, documentos e computadores foram levados da prefeitura, entre outros materiais.

“Todos os municípios com eleições suplementares passaram por essa prática. Infelizmente o que acontece no município de Presidente Figueiredo, também aconteceu em Novo Airão, Novo Aripuanã e Caapiranga”, concluiu.

O prefeito interino, vereador Jonas Castro, decretou situação de emergência administrativa no município por 90 dias.

A eleição suplementar para escolher o novo prefeito deve ser realizada em janeiro de 2020.

Deixe um comentário