Você está visualizando atualmente Roberto Cidade destaca atuação da Procuradoria da Mulher da Aleam e parabeniza Polícia do Amazonas por captura de suspeito de feminicídio

Roberto Cidade destaca atuação da Procuradoria da Mulher da Aleam e parabeniza Polícia do Amazonas por captura de suspeito de feminicídio

Roberto Cidade destaca atuação da Procuradoria da Mulher da Aleam e parabeniza Polícia do Amazonas por captura de suspeito de feminicídio

Sensibilizado com o assassinato brutal de Débora da Silva Alves, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (UB), se solidarizou com a família da jovem e parabenizou a Polícia Civil do Amazonas que, em parceria com a Polícia Civil do Pará, capturou o suspeito de matá-la, Gil Romero Machado Batista. O acusado, que estava foragido, foi preso na cidade de Curuá (PA), na noite desta terça-feira (8).

“Esse foi um crime que chocou a todos pelo requinte de crueldade e pela total falta de humanidade. Todos nós ficamos indignados. Quero parabenizar a Polícia Civil do Amazonas e a Polícia Civil do Pará que, numa ação conjunta, capturaram esse crápula. Parabenizo também à Procuradoria da Mulher da Assembleia, que tem a deputada Alessandra Campêlo como presidente, pela atuação firme e presente em todos os casos de violência contra a mulher. É um compromisso da nossa presidência defender e fortalecer a bandeira de proteção às mulheres, especialmente por meio da Procuradoria da Mulher. Nosso trabalho é dar mais repostas contundentes à sociedade”, afirmou. 

Cidade falou ainda sobre a importância da continuidade das investigações, sobretudo, para que se possa saber o que ele teria feito com a criança que Débora esperava, uma vez que, até o momento, não se tem conhecimento sobre o que teria acontecido com ela.

“Infelizmente até agora não se sabe o que foi feito com o bebê, mas esse é outro crime gravíssimo. Tenho três filhos e me toca saber que uma pessoa dessa foi capaz de tamanha brutalidade. Reforço que a defesa da mulher por essa Casa é um tema comum a todos e que nós queremos, principalmente através da Procuradoria da Mulher, fazer com que a sociedade saiba que se há homens covardes e mal caráter, há também homens de bem que estão trabalhando para combater o feminicídio e todas as forma de violência contra a mulher”, finalizou.

Deixe um comentário