Seleção Brasileira realiza treino no Estádio da Colina pela primeira vez na história 

Seleção Brasileira realiza treino no Estádio da Colina pela primeira vez na história 

Seleção Brasileira realiza treino no Estádio da Colina pela primeira vez na história

Palco memorável do futebol amazonense, o estádio Ismael Benigno – a Colina – recebeu a seleção brasileira para um treinamento oficial pela primeira vez em seus 60 anos de história, na tarde desta terça (12). O treino que o Brasil realizou na Colina visa a preparação para o clássico contra o Uruguai, na próxima quinta-feira (14), pela 12ª rodada das eliminatórias da Copa do Mundo 2022, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, com a presença de 14 mil torcedores.

Anúncios

A Colina foi preparada pelo Governo do Amazonas, por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), durante dois meses para receber o Brasil, com modernização em infraestrutura e adequação do campo de treino de acordo com os níveis internacionais.

“O Estádio sempre recebeu grandes jogos, e a seleção treinar aqui traz essa robustez para a Colina. Nós estamos preparando Ismael Benigno há mais de 60 dias. Ajeitamos o gramado porque existe uma exigência muito grande”, afirmou o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira.

Neymar e companhia entraram no gramado do Ismael Benigno por volta de 16h40. O treinamento, comandado pelo técnico Tite, durou cerca de uma hora e meia, com trabalhos físicos e táticos de intensidade moderada.

O clima, além dos 32° graus registrados na zona oeste de Manaus, foi de descontração. Mas também de cobrança por uma vitória convincente diante do Uruguai, após o Brasil empatar sem gols com a Colômbia, no último sábado (09/10).

Pé quente

Líder invicto das Eliminatórias, o Brasil realiza o último treino antes do clássico na tarde desta quarta-feira (13/10), na Arena da Amazônia.

Vale lembrar que o estádio construído para a Copa do Mundo de 2014 foi onde Tite estreou no comando da Canarinho em solo brasileiro. Em 2016, o Brasil venceu a Colômbia por 2 a 1 com gols de Miranda e Neymar.

Já no primeiro encontro pelas Eliminatórias da Copa 2022 em Montevidéu, pela 5ª rodada, o Brasil venceu por 2 a 0, com gols de Arthur e Richarlison.

Uruguai pressionado

Se o clima, o retrospecto e a cidade estão favoráveis para os brasileiros, a situação não é a mesma do lado uruguaio. Principalmente após Lionel Messi liderar a Argentina na vitória por 3 a 0 no último domingo (10/10) diante da equipe de Suárez e Cavani.

O Uruguai caiu para a quarta posição na tabela das Eliminatórias, foi ultrapassado pelo Equador e vê em risco a vaga direta para a Copa do Catar 2022.

Deixe um comentário