Você está visualizando atualmente Sem pausa no Carnaval, obras do “Nosso Centro” tem testes de carga e instalações no mirante

Sem pausa no Carnaval, obras do “Nosso Centro” tem testes de carga e instalações no mirante

Sem pausa no Carnaval, obras do “Nosso Centro” tem testes de carga e instalações no mirante

Mesmo no período carnavalesco, as obras do programa “Nosso Centro”, da Prefeitura de Manaus, não pararam, mantendo o ritmo intenso após ultrapassar a marca de 95% de conclusão. A ação faz parte do planejamento que visa a reabilitação do importante território da capital, sendo o projeto arquitetônico do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

No mirante Lúcia Almeida, enquanto a varanda principal lateral passou por testes de carga, com simulação de peso e análise topográfico, operários trabalham simultaneamente na instalação de brises e na estrutura metálica da varanda frontal; montagem do elevador; aterros da calçada da casa de gás; assentamento do piso no pavimento térreo, além de pintura, calçamentos, aterros, montagem e desmontagem de andaimes.

“Estamos nos últimos pontos para conclusão do forro em madeira, retoques de pintura, instalações dos brises aplicados na fachada e da estrutura metálica da varanda no deque principal, além de serviços na subestação. Quanto ao píer turístico, que está sendo construído no estaleiro, chegamos a mais de 80% de conclusão, com todas as passarelas produzidas e as boias em fase de teste. Essa é uma estrutura inédita, nunca construída por um prefeito e só possível na gestão do prefeito David Almeida”, explicou o diretor-presidente do Implurb, Carlos Valente.

Inédito

Com o inédito píer turístico, a prefeitura atenderá a população e o trade turístico, proporcionando uma estrutura única com segurança, comodidade e adequada para receber os operadores de passeios turísticos. 

A varanda frontal do mirante segue avançando na construção e será um dos pontos mais instagramáveis no edifício com vista para o rio Negro em vários ângulos, na chamada ilha de São Vicente, no início da avenida 7 de Setembro.

Na próxima semana, a estrutura começa a receber concretagem. No entorno, operários trabalham nos assentamentos da sarjeta e da pedra São Thomé nas calçadas. A concessionária de energia da capital fez troca de postes de iluminação e da rede elétrica, reduzindo a fiação exposta e melhorando a ambiência e visual da área.

O programa de reabilitação da prefeitura fez a desapropriação de seis imóveis que estavam abandonados no local, mantendo a ambiência do entorno. O antigo prédio que funcionou como sede da extinta Companhia Energética do Amazonas (Ceam) será o primeiro espaço público vertical da cidade, dentro da revitalização do Centro, promovida pela gestão David Almeida.

Outras obras

O “Nosso Centro” ainda tem mais outras duas obras neste conjunto, o inédito largo de São Vicente, que está sendo criado no território, com mais de 2 mil metros quadrados; o Casarão Thiago de Mello, na rua Bernardo Ramos, e o Píer Turístico, uma estrutura inédita para Manaus, que está em construção em um estaleiro da cidade e vai compor o mirante Lúcia Almeida. O píer será uma estrutura gigante de atracação de embarcações de pequeno e médio portes, voltado para o trade turístico e de pacotes fluviais no Centro e entorno.

Matriz de responsabilidades

Em dezembro de 2023, o prefeito David Almeida e secretários lançaram um amplo plano de ação para o centro histórico da capital, com matriz de responsabilidades para dez secretarias e institutos municipais.

O plano reforça o programa “Nosso Centro”, melhorando a qualidade de vida da população; ampliando a infraestrutura, serviços, intervenções e planejamento urbano; e fazendo obras com geração de emprego e renda na capital.

Com o plano e a matriz, a prefeitura vai promover soluções urbanísticas, operações para fomento a negócios, e melhorias de infraestrutura, com mais de 20 ações coordenadas e integradas em uma grande força-tarefa municipal dentro do “Nosso Centro”.

As ações envolvem diretamente dez secretarias, com coordenação do Implurb. As pastas envolvidas são de Infraestrutura (Seminf); Segurança Pública e Defesa Social (Semseg); Comunicação (Semcom); Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc); Limpeza Urbana (Semulsp); Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi); Fundação Manaus Solidária (FMS); Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult); e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Entre as ações, estão serviços e obras como recuperação de calçadas e recapeamento asfáltico em mais de 18 ruas e avenidas; sinalização viária e turística, desde hotéis a pontos turísticos; novos abrigos de ponto de ônibus; projeto e construção de banheiros públicos; padronização e identificação, com crachás, de vendedores informais; e melhoria na coleta de resíduos.

Também estão previstos patrulhamento ostensivo; projetos Feira Criativa e Memorial Basa; e as inaugurações das primeiras obras do “Nosso Centro”, com as devidas operações de funcionamento do mirante, casarão e largo.

Deixe um comentário