Serafim diz: ‘Bolsonaro nega a líderes mundiais avanço das queimadas na Amazônia’

Serafim diz: ‘Bolsonaro nega a líderes mundiais avanço das queimadas na Amazônia’

Serafim diz: ‘Bolsonaro nega a líderes mundiais avanço das queimadas na Amazônia’

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) repudiou, nesta quarta-feira (3), o discurso negacionista do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de descaso com a preservação do meio ambiente, aos líderes mundiais na Cúpula do Clima em Glasgow (COP26), na Escócia. Bolsonaro também afirmou à imprensa internacional que a “Amazônia não está queimando, pois é uma floresta úmida”.

Anúncios

 “Os olhos do mundo estão voltados para a COP. O meio ambiente é algo assegurado pela Constituição da República. É algo assegurado por todas as nações civilizadas do mundo. É um dos poucos motivos que terminam fazendo com que o conjunto das nações interfira em outras nações. Sou contra qualquer interferência, mas tenho clareza que havendo exagero na agressão ao meio ambiente, termina ocorrendo uma intermissão internacional naquele país”, alertou o deputado durante sessão na Assembleia do Amazonas.

A COP 26 discute a implementação do Acordo de Paris para redução da emissão de gases do efeito estufa no planeta. Para o deputado, a displicência do governo federal com a preservação ambiental no país tem aumentado as queimadas e o desmatamento na Amazônia.

 “O Brasil dos últimos anos tem caminhado na contramão do que diz respeito ao meio ambiente. O presidente da República nega que a Amazônia esteja pegando fogo, mas todos nós sabemos, e todos os mecanismos de controle, inclusive o do governo, mostram que avança o desmatamento, avança o incêndio da floresta. Isso é ruim não apenas para nós, mas para o Brasil como um todo, a América do Sul e o planeta’, disse.

De acordo com o  líder do PSB na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM),  o momento é de discussão para debater diretrizes que estabeleçam metas e comprometimento com a preservação do meio ambiente.

“Esse é um momento para estarmos com um discurso positivo, proativo, na COP, na Escócia, mas não é isso que está acontecendo. O presidente, numa postura equivocada, sequer comparece à COP nem para dar a desculpa mais esfarrapada diante da sua omissão quanto aos problemas do meio ambiente do Brasil. O desmonte do Ibama, o desmonte do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), a proteção àqueles que desmatam, aos garimpos ilegais e invasão às terras indígenas pesam sobre o Brasil de forma muito contundente”,  afirmou o parlamentar.

Serafim considerou grave a posição equivocada  de Bolsonaro ao negar que o Brasil não é parte do problema das mudanças climáticas.

 “O mundo caminha junto na questão do meio ambiente. Não existem interesses contrários, porque interesses contrários significam aumentar a temperatura. Significa  o desmonte e o degelo das áreas que são formadas por gelo, então, diante de tudo isso, só tenho como repudiar a postura do governo Bolsonaro”, finalizou.

Deixe um comentário