Você está visualizando atualmente Sessão virtual da Aleam é suspensa por bate boca sobre reuniões presenciais 

Sessão virtual da Aleam é suspensa por bate boca sobre reuniões presenciais 

Sessão virtual da Aleam é suspensa por bate boca sobre reuniões presenciais

Questão de ordem para que a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realize sessões híbridas (presenciais e à distância) gerou bate boca entre o presidente da Casa, Josué Neto (PRTB), e a deputada Alessandra Campêlo (MDB), o que causou a suspensão por cinco minutos da sessão virtual desta quinta-feira (18).

Alessandra pediu a votação imediata pelo plenário de uma questão de ordem levantada para que as sessões ordinárias ocorram de forma híbrida e Josué Neto disse que iria responder a solicitação por escrito. Após a discussão, o presidente disse que a Mesa Diretora deve realizar reunião virtual na segunda-feira (22), para debater o tema.

Segundo Alessandra, na semana passada, enquanto as reuniões da CPI da Saúde estavam sendo realizadas em um dos auditórios da Casa Legislativa de forma híbrida, ela tentou usar o plenário para reunir com parlamentares e foi barrada por servidores da Casa Militar.

A discussão com Neto começou quando Campêlo pediu para que a questão de ordem dela fosse apreciada pelo plenário antes da fala do deputado Dermilson Chagas. Neto afirmou que a deputada teria a resposta por escrito “ainda hoje” e Campêlo respondeu: “A minha questão é para o plenário, presidente. Não é para vossa excelência”.

Neto ignorou Campêlo e concedeu espaço para Chagas. O deputado do Podemos começou o discurso e foi interrompido pela deputada. “Deputado Dermilson, a minha questão de ordem está na vez. O senhor fala depois que a minha for dirimida pelo plenário. É isso que não pode, gente”, disse a parlamentar.

Campêlo pediu, novamente, que a questão de ordem fosse votada e Neto disse que concederia mais 5 minutos para que a deputada falasse. “Fique à vontade. Vossa excelência é acostumada a tumultuar a sessão. Vossa excelência está treinada a tumultuar a sessão. Daqui a pouco isso aqui vira nuvem”, disse o presidente.

Neto passou a controlar a fala, cortando Alessandra, que dizia que não estava tumultuando e queria apenas “poder ir à Assembleia”. “Eu não entendo a vontade de Vossa excelência tumultuar as sessões. Vossa excelência colocou diversas sugestões. Nós vamos deferir suas sugestões de forma positiva ou negativa. Aguarde um pouco. Tenha paciência”, disse Neto.

Campêlo também questionava se o presidente da Aleam “estava acima do plenário” e Neto respondeu que estava apenas tentando mediar a discussão. “Vossa excelência tem diversas vontades que devem ser debatidas. Não são só suas vontades que devem ser decididas de forma rápida. Vamos abrir o debate a respeito de vossa sugestão. Não tem problema nenhum”, afirmou Josué Neto.

Deixe um comentário