Solução para lixo jogado nos igarapés será discutida no Fórum Lixo Zero, na Aleam

Solução para lixo jogado nos igarapés será discutida no Fórum Lixo Zero, na Aleam

Solução para lixo jogado nos igarapés será discutida no Fórum Lixo Zero, na Aleam

A poluição cada vez maior dos igarapés e a realização do 1º Fórum Amazonas Lixo Zero, que faz parte das atividades da Semana do Meio Ambiente, foram abordadas hoje (26) pelo deputado estadual Fausto Jr, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O parlamentar é presidente da Comissão de Meio Ambiente da Aleam e tem recebido várias denúncias da sobre a poluição dos igarapés de Manaus e do interior do Estado.

Anúncios

Diante da quantidade cada vez maior de lixo jogado nos córregos, Fausto Jr. fez uma inspeção aos igarapés do Passarinho, São Jorge e da Compensa. A inspeção aconteceu no fim de semana, atendendo pedido dos moradores que moram próximos aos igarapés.

As fotos, vídeos e entrevistas coletadas na inspeção serão usadas no Fórum Lixo Zero, que acontece na próxima segunda-feira (31), no plenário da Assembleia Legislativa.

O evento é uma parceria com o Instituto Lixo Zero, que atua em vários países e busca implantar programas para o reaproveitamento total do lixo.

Fausto Jr. disse que algumas pessoas ainda têm a “cultura de jogar lixo nos igarapés”, como se as águas tivessem a missão de levar o lixo embora. “É assustadora a quantidade de lixo jogada nos igarapés’, afirmou o deputado. “É um problema histórico de Manaus e da maioria dos municípios do Amazonas”, acrescentou.

Segundo o deputado, o lixo e esgoto que diariamente vão parar no rio Negro precisam de ações que mexam com o comportamento social da população.

“Todos sabem que lixo e esgoto causam doenças e destroem o meio ambiente, mesmo assim o problema se arrasta há anos”, lamentou.

Entre as propostas que serão apresentadas no Fórum Lixo Zero está a implantação de pequenas unidades de tratamento de esgoto, que seriam instaladas nas margens dos igarapés.

“As tubulações da empresa Águas do Amazonas, que deveriam levar o esgoto para tratamento, jogam os detritos nos igarapés, que depois segues para o rio Negro”, explicou Fausto.

O evento que será realizado na Assembleia Legislativa vai reunir órgãos ambientais dos governos Federal, Estadual e prefeituras. A ideia é conhecer as dificuldades de cada município na reciclagem de lixo e tratamento de esgoto.

Com as informações, a Comissão de Meio Ambiente da Aleam apresentará projeto e ações para ajudar as prefeituras a diminuir a degradação ambiental no Amazonas.

Deixe um comentário