Você está visualizando atualmente SOS Amazônia | Depois de três meses, Gisele Bündchen cobra Lula por queimadas e desmatamento recorde

SOS Amazônia | Depois de três meses, Gisele Bündchen cobra Lula por queimadas e desmatamento recorde

SOS Amazônia | Depois de três meses, Gisele Bündchen cobra Lula por queimadas e desmatamento recorde

Depois de meses em silêncio, a modelo e ambientalista Gisele Bündchen recorreu às redes sociais nesta terça-feira (21), para abordar o desmatamento e as queimadas que continuam afetando a Amazônia.

A modelo fez um apelo para que o governo Lula (PT) implemente políticas mais rigorosas para combater o desmatamento ilegal e garantir a preservação das nossas florestas.

Gisele é reconhecida como ativista ambiental e compartilhou um extenso texto através dos stories do Instagram, com o intuito de conscientizar seus seguidores sobre a importância de preservar a natureza.

Eis a íntegra da declaração de Gisele Bündchen:

Desmatadores aproveitam o período mais seco para colocar fogo na Amazônia. Até quando? Quando teremos um maior monitoramento e a Amazônia será olhada com o cuidado que merece? Quando vamos entender que a floresta tem um papel essencial, não só pela sua diversidade, mas no regime de chuvas e o equilíbrio do clima na Terra e, consequentemente, na vida de todos nós?

As queimadas crescentes vêm destruindo, em dias, o que a natureza leva anos, séculos para construir. A cada ano que a floresta queima, ela se torna mais seca e isso tem efeito grande na degradação florestal, tornando-a mais vulnerável a incêndios de grandes proporções, mesmo nas áreas de florestas mais preservadas.

O governo precisa desenhar uma política mais severa de combate ao desmatamento criminoso e também de preservação das nossas florestas. E nós, enquanto cidadãos, precisamos cobrar uma postura mais ativa das autoridades”, finalizou Gisele, que ainda acrescentou a hashtag “SOS Amazônia”

Agora, só falta Greta, DiCaprio, Hulk, Anitta e o restante dos artistas globais se pronunciarem sobre o assunto.

Deixe um comentário