Você está visualizando atualmente TCE-AM destaca apoio ao ICMBio na criação da Reserva para Sauim-de-Coleira

TCE-AM destaca apoio ao ICMBio na criação da Reserva para Sauim-de-Coleira

TCE-AM destaca apoio ao ICMBio na criação da Reserva para Sauim-de-Coleira

Neste Dia Mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho, foi anunciada a criação da Reserva e do Refúgio de Vida Silvestre (Revis) do Sauim-de-Coleira em Itacoatiara, no Amazonas. A cerimônia comemorativa, realizada no Palácio do Planalto em Brasília, celebrou a nova área de proteção de 15,3 mil hectares.

O novo refúgio é a primeira unidade de conservação de proteção integral do Governo Federal em área de ocorrência histórica do primata, na Amazônia. Trata-se de uma área de 15,3 mil hectares, tamanho que corresponde a aproximadamente 21 mil campos de futebol. 

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) desempenhou um papel crucial, atuando junto ao Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) na criação da reserva. Sob a liderança da conselheira-presidente Yara Amazônia Lins, o TCE-AM coordenou diversas ações para assegurar a proteção do sauim-de-coleira, um dos primatas mais ameaçados do mundo.

“O TCE do Amazonas atuou ativamente neste processo de criação da reserva e do Refúgio Silvestre, em conjunto com o ICMBio, que é o gestor da unidade federal,” afirmou Júlio Pinheiro, conselheiro e coordenador-geral da Escola de Contas Públicas (ECP/ TCE-AM). 

Em 02/05, o ICMBio promoveu uma consulta pública em Novo Remanso, Itacoatiara, para ouvir a comunidade local sobre a preservação dos primatas. Esse diálogo com os moradores e autoridades locais teve a participação do TCE-AM e foi fundamental para a criação do Revis, respeitando o trâmite legal e as necessidades de conservação.

Segundo Júlio Pinheiro, a constituição desta reserva natural pela União para este mamífero que está entre as 25 espécies de primatas mais ameaçadas do mundo, é uma vitória para a vida silvestre do Amazonas.

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, oficializou, nesta quarta-feira, o novo Revis com a assinatura do decreto. 

Deixe um comentário