TCE-AM prorroga por mais 5 dias apresentação do relatório de intervenção no transporte coletivo

TCE-AM prorroga por mais 5 dias apresentação do relatório de intervenção no transporte coletivo

TCE-AM prorroga por mais 5 dias apresentação do relatório de intervenção no transporte Coletivo

Anúncios

Há mais de 90 dias que o interventor escolhido pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), Francisco Saldanha Bezerra, não foi capaz de apresentar relatório ou resultado algum da intervenção feita pela prefeitura. Ainda assim, Bezerra solicitou ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), que fosse prorrogado o prazo estipulado pelo Tribunal, vencido ontem (13), para que quaisquer manifestações tanto da parte da prefeitura, quanto do interventor fossem estendidas por mais cinco dias, pedido esse que foi atendido.

O pedido de prorrogação foi deferido pela Corte de Contas, que estendeu o prazo para que sejam obtidas respostas da Prefeitura de Manaus. A população também aguarda o relatório sobre os resultados obtidos pela intervenção, já que na prática, ainda não conseguiu observar nenhum avanço ou evolução no serviço oferecido.

Outro ponto que também deveria preocupar a população, é a proposta orçamentária para 2020 enviada pelo prefeito Artur Neto (PSDB) à Câmara Municipal de Manaus (CMM).

No próximo ano haverá aumento da tarifa de ônibus ou uma drástica redução da frota. A medida deve-se ao subsídio para o transporte coletivo, orçado em R$ 60 milhões, ser insuficiente para manter o sistema operando nos níveis atuais.

Deixe um comentário