TJAM escolhe o desembargador Aristóteles Thury para o TRE-AM

TJAM escolhe o desembargador Aristóteles Thury para o TRE-AM

TJAM escolhe o desembargador Aristóteles Thury para o TRE-AM

Em sessão realizada nesta terça-feira (17) o pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) escolheu os nomes dos desembargadores Aristóteles Lima Thury e Jorge Manoel Lopes Lins para atuar como membros titulares do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) em vagas destinadas à classe dos magistrados/desembargadores.

No processo de escolha foram abertos dois editais. O primeiro para o preenchimento de vaga que será deixada pelo atual presidente da Corte Eleitoral, o desembargador João de Jesus Abdala Simões, que está completando seu segundo biênio no TRE-AM. Para esta vaga foi escolhido o nome do desembargador Aristóteles Lima Thury, que obteve 17 votos, contra 4 votos destinados ao concorrente: desembargador Wellington José de Araújo.

O segundo edital se referia à vaga aberta em decorrência do final do primeiro biênio de atuação do desembargador Aristóteles Lima Thury na Corte Eleitoral. Neste processo, foi escolhido o desembargador Jorge Manoel Lopes Lins, que obteve 14 votos, contra 7 votos destinados ao concorrente: desembargador Wellington José de Araújo.

A sessão foi dirigida pelo presidente do TJAM, desembargador Yedo Simões.

Ao final da sessão, o desembargador Aristóteles Lima Thury agradeceu à Corte do Tribunal de Justiça do Amazonas pela escolha de seu nome. “A eleição (para a função de presidente e vice-presidente/corregedor vai ser, efetivamente, no TRE-AM). Quero agradecer aos meus pares pela indicação e pelo voto que me foi confiado”, afirmou.

O desembargador Jorge Manoel Lopes Lins, ao final do processo de escolha, também agradeceu pela indicação de seu nome. “Agradeço a Deus, aos meus pares e à minha família que torceram muito. Conquistei apenas uma etapa. Precisarei da confirmação dos membros do TRE-AM para os cargos. Sendo assim, se for homologada minha candidatura para vice-presidência e corregedoria (da Corte Eleitoral), passaremos a iniciar o trabalho. Vou me inteirar sobre a situação da corregedoria e pretendemos somar com o desembargador Aristóteles Thury para desenvolvermos um bom trabalho”, afirmou.

Após a escolha dos desembargadores do TJAM para atuar como membros titulares na Corte Eleitoral, competirá ao Pleno do TRE-AM as definições dos nomes (dos magistrados) que ocuparão respectivamente, a função de presidente e de vice-presidente/corregedor na Justiça Eleitoral do Amazonas.

Deixe um comentário