Usina de oxigênio de Parintins custou R$ 1,5 milhão

Usina de oxigênio de Parintins custou R$ 1,5 milhão

Usina de oxigênio de Parintins custou R$ 1,5 milhão

Em uma operação de guerra que contou com a ajuda da Força Aérea Brasileira, chega este sábado (16) em Parintins, uma usina de oxigênio importada da Alemanha com capacidade para produzir 32 m³/h (768 m³/dia), suficiente para atender os 90 leitos ocupados no hospital Jofre Cohen, na Ilha Tupinambarana.

Anúncios

Fontes do Direto ao Ponto afirmaram que toda a operação do prefeito Bi Garcia com a compra da usina, logística, impostos e instalação saíram por aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Com a nova onda da pandemia de Covid-19 se espalhando pelo País, prefeitos e governadores entraram em uma verdadeira corrida para comprar a usinas por todo o mundo, por isso o sigilo da operação.

Deixe um comentário