Vacina Amazonas: Imunizante Pfizer amplia proteção contra a Covid-19 como dose de reforço

Vacina Amazonas: Imunizante Pfizer amplia proteção contra a Covid-19 como dose de reforço

Vacina Amazonas: Imunizante Pfizer amplia proteção contra a Covid-19 como dose de reforço

A vacina Pfizer vem sendo o imunizante aplicado como terceira dose no mutirão Vacina Amazonas, nesta sexta-feira (1º) e sábado (02), garantindo o reforço vacinal contra a Covid-19, independentemente de qual vacina foi utilizada em doses anteriores. Profissionais da saúde afirmam que o tipo é totalmente seguro e recomendado para os grupos selecionados, no caso os profissionais de saúde a partir de 45 anos, idosos acima de 60 anos e em imunossuprimidos com 18 anos ou mais.

Anúncios

As vacinas de reforço com a Pfizer estão sendo aplicadas em todos os pontos estratégicos dispostos pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Manaus. O governo, através da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), coordena dois pontos estratégicos: o Sambódromo, onde há 26 postos de vacinação, e o CCF Magdalena Arce Daou, com 16 postos.

“Essa terceira dose também é importante, pois os trabalhos mostraram que essa modalidade de RNA, que é um dado técnico, é a que melhor se aplica como dose de reforço”, afirmou o secretário de Saúde do Amazonas, Anoar Samad, reforçando a importância da terceira dose para ampliar a cobertura vacinal.

“Qualquer imunizante que você tenha tomado, você pode tomar a sua terceira dose, porque os trabalhos já mostraram que a terceira dose é fundamental, porque os níveis, vamos dizer assim, de defesa, de anticorpos do nosso corpo, diminuem com uma média de seis a oito meses. Por isso, foi instituído como norma técnica do Ministério da Saúde, a aplicação da terceira dose”, disse.

Conforme explica a chefe do departamento de Urgência e Emergência da SES-AM, Fabiana Maciel, as pesquisas realizadas dão suporte para a escolha da Pfizer como o imunizante de reforço.

“Nós temos estudos que comprovam, não é aleatório, que a terceira dose, independentemente da vacina que a pessoa tomou na 1ª e na 2ª doses, a 3ª dose aplicada agora é Pfizer, totalmente segura, totalmente recomendada, com estudos que comprovam a eficácia dela. Nós precisamos que a população venha tomar a sua dose”, afirmou Fabiana.

Segurança – O médico Álvaro Soeiro, 63, é um profissional de saúde e recebeu a Pfizer como dose de reforço no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou. Ele falou sobre a sensação de ampliar a proteção contra a Covid-19.

“O sentimento é de uma imunização completa. Nós já tivemos as duas vacinas do CoronaVac, a última foi em fevereiro, agora com o reforço da terceira dose acho que vai me dar maior imunidade. A gente que atende e fica diretamente ligado a grande população e exposição maior ao vírus, com certeza dá uma segurança maior”, disse o médico.

Vacina Amazonas – O Governo do Amazonas realiza, em parceria com a Prefeitura de Manaus, um novo mutirão Vacina Amazonas nesta sexta-feira (1º/10) e sábado (02/10). Em sua 21ª edição, o mutirão tem como principal objetivo aplicar doses de reforço da vacina contra a Covid-19 em profissionais de saúde a partir de 45 anos e pessoas a partir de 60 anos, que tomaram a segunda dose há mais de seis meses (ou até 1º de abril), e em imunossuprimidos com 18 anos ou mais.

Também serão disponibilizadas a primeira e a segunda doses para pessoas com 12 anos ou mais. Serão seis pontos estratégicos que funcionarão com horário estendido: das 9h às 21 na sexta-feira e das 9h às 18h no sábado. Os postos das unidades básicas de saúde (UBS), da Prefeitura de Manaus, atenderão no horário das 9h às 16h nos dois dias de mutirão.

Os pontos estratégicos que funcionarão em horário estendido são: Centro de Convivência da Família (CCF) Magdalena Arce Daou (pedestre), Centro de Convenções de Manaus-Sambódromo (drive-thru), CCF Padre Pedro Vignola (pedestre), Shopping Phelippe Daou (pedestre), Studio 5 Centro de Convenções (pedestre) e Sesi Clube do Trabalhador (pedestre e drive-thru).

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), vai coordenar dois pontos estratégicos: o Sambódromo, onde haverá 26 postos de vacinação, e o CCF Magdalena Arce Daou, com 16 postos.

Documentação – Para se vacinar, com segunda dose e dose de reforço, é necessário apresentar documento original com foto, CPF e carteira de vacinação. Para os imunossuprimidos, além dessa documentação, um laudo médico ou outro documento que comprove a condição.

Para quem vai receber a primeira dose, é necessário que o interessado apresente, obrigatoriamente, um documento oficial com foto com o número do RG, CPF, comprovante de residência (original e cópia) e Cartão de Vacina.

Postos de Vacinação que funcionarão em horário estendido

Dia 1º/10 – Sexta-feira – Das 9h às 21h

Dia 02/10 – Sábado – Das 9h às 18h

• Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou (pedestre)

Avenida Brasil, s/nº, bairro Santo Antônio, zona oeste de Manaus

• Centro de Convenções Prof. Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus

Avenida Pedro Teixeira, 2.595, Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus

• Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola (pedestre)

Rua Gandu, 119, bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus

• Shopping Phelippe Daou (pedestre)

Avenida Camapuã, 2.985, bairro Jorge Teixeira, zona norte de Manaus

• Studio 5 Centro de Convenções (pedestre)

Avenida Rodrigo Otávio, 3.555, Distrito Industrial I, zona sul de Manaus

• Sesi Clube do Trabalhador (pedestre e drive-thru)

Avenida Cosme Ferreira, 7.399, São José, zona leste de Manaus

Deixe um comentário