Você está visualizando atualmente Vereador Fred Mota representa Câmara em solenidade no Cigs

Vereador Fred Mota representa Câmara em solenidade no Cigs

Representando a Câmara Municipal de Manaus (CMM) o vereador Fred Mota (PR) esteve, na última sexta-feira (01/03) na cerimônia solene que inaugurou o espaço cultural “Exército Brasileiro, presença na Amazônia”, no Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs) – Centro Jorge Teixeira. Na cerimônia, que também contou com a presença de diversas autoridades civis, Mota representou a CMM na condição de 2° vice-presidente da Casa.

O parlamentar, que também foi cabo da arma de Infantaria do Exército e é guerreiro de Selva por formação, destacou que foi uma oportunidade singular participar da cerimônia. “Fui do Exército de Caxias e conheço, de perto, o grande trabalho que essa instituição faz em defesa da nossa região. “, afirmou.

Durante a cerimônia, o vereador também cumprimentou o general-de-Exército Eduardo Villas-Bôas, ex-comandante militar da Amazônia e ex-comandante do Exército. Fred Mota estava acompanhado da jornalista Sheila Vaz, irmã do general-de-brigada Thaumaturgo Vaz, e da viúva do general, Dora Vaz, que também é sua cunhada. Thaumaturgo Vaz é considerado o primeiro amazonense a chegar ao general, e faleceu em 2015, aos 84 anos.

“Mais do que representante da CMM, vim na qualidade de amigo da família do general Thaumaturgo. Ele era meu cunhado, e vim como amigo do general Villas-Bôas. Eu me emocionei quando cumprimentei o general Villas-Bôas, por tudo o que ele representou não apenas para o Exército na Amazônia, mas também para o Brasil”, completou.

O espaço

O Espaço Cultural “Exército Brasileiro, presença na Amazônia” homenageia diversos vultos que fazem parte da história militar da Amazônia, como Pedro Teixeira, Lobo D’Almada, e o general Rodrigo Otávio Jordão Ramos, além do general Thaumaturgo Vaz e do próprio general Eduardo Villas-Bôas, primeiro Guerreiro de Selva a chegar ao posto de Comandante Militar da Amazônia. Grande parte do acervo do acervo do espaço foi doado pelo general Villas-Bôas.

 

Deixe um comentário