You are currently viewing Wilson Lima abre ano letivo do interior com inauguração de laboratório maker e retorno do ‘Trilhas do Saber’

Wilson Lima abre ano letivo do interior com inauguração de laboratório maker e retorno do ‘Trilhas do Saber’

Wilson Lima abre ano letivo do interior com inauguração de laboratório maker e retorno do ‘Trilhas do Saber’

Anúncios

Na abertura oficial do ano letivo das escolas da rede estadual no interior do estado, nesta terça-feira (15), o governador do Amazonas, Wilson Lima, destacou os investimentos do Estado para elevar a qualidade do ensino nas unidades de ensino. O governador e a primeira-dama, Taiana Lima, estiveram presentes no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Washington Régis, em Manacapuru onde inauguraram um laboratório multi-institucional do projeto “Fazer para aprender” e deram início às atividades da edição especial “Trilhas do Saber”.

“A gente tem caminhado para um estágio de excelência no estado do Amazonas. A gente sempre ouviu falar que escola particular é melhor que a escola pública, hoje nós temos estrutura, equipamentos e condições que não se encontram na rede particular de ensino. Esse é o quarto laboratório maker que inauguramos, e vamos inaugurar mais cem para oportunizar que esses alunos tenham essa oportunidade”, disse o governador.

No município, o governador também anunciou a prorrogação até março de 2023 do concurso público para a educação realizado em 2018. Disse, ainda, que 352 aprovados serão convocados. Os detalhes serão divulgados no site da Secretaria de Estado da Educação (http://www.seduc.am.gov.br/).

‘Fazer para Aprender’

O Espaço Maker faz parte do projeto “Fazer para Aprender”, que integra o programa Educa+Amazonas. O laboratório é o primeiro a ser inaugurado para a execução do projeto. Ele será usado para práticas experimentais nas mais diversas áreas do conhecimento

O projeto visa fomentar o desenvolvimento de metodologias ativas de aprendizagem em ambientes multi-instrucionais em escolas da rede pública estadual.

O espaço inaugurado nesta terça-feira (15/02) conta com recursos para a elaboração de estações de robótica e eletrônica, videomaker, carpintaria, corte e montagem, impressão 3D, pesquisa e leitura, realidade virtual e aumentada e projeção midiática. Além das estações, o projeto ainda contempla material didático e paradidático impresso, plataforma digital de acesso aos recursos midiáticos e formação docente.

‘Trilhas do Saber’

Wilson Lima ressaltou que o projeto do programa Educa+Amazonas inicia as atividades de 2022 com uma edição especial na cidade. Serão cinco percursos formativos, voltados para a equipe gestora, docentes do Ensino Médio, docentes do Ensino Fundamental Anos Finais, docentes dos Anos Iniciais e não docentes.

Totalizando 80 ações, abordarão temáticas relacionadas ao fazer pedagógico, com aulas expositivas e dialógicas, debates e socialização de relatos de experiências. Cerca de 650 profissionais das redes estadual e municipal devem participar dos cursos do Centro de Formação Profissional Padre José Anchieta (Cepan), nesta terça e na quarta-feira (16).

“A Educação tem colhido frutos satisfatórios em meio à maior crise sanitária que o mundo já viveu. Vocês tiveram coragem e estiveram presentes, mesmo que em home office. Nós acordamos todos os dias e abrimos 605 escolas. As escolas estaduais estão dando um show, graças a vocês, professores, pedagogos, e ao governador, que tem sido incansável”, disse Kuka Chaves, secretária de Estado de Educação.

Volta às aulas

Somente no interior, no ano letivo de 2022, o Governo do Amazonas vai atender 202 mil alunos em 375 escolas. Em todo o estado, a rede estadual de educação vai atender 424 mil estudantes, em 605 escolas.

A escola atende 571 estudantes matriculados no Ensino Fundamental Anos Finais, do 6º ao 9º ano. Em toda a cidade, são 11.871 estudantes matriculados nas 20 escolas. Em todo o interior, são 202 mil estudantes matriculados na rede estadual de ensino, em todas as modalidades.

Os estudantes da Ceti Washington Régis são oriundos das zonas urbana e rural, de comunidades próximas a Manacapuru. A escola está há seis anos em atividade, tendo sido fundada em 14 de março de 2016, e nesse período passou por pequenos reparos em sua estrutura. Para este ano, a unidade está passando por uma revitalização para abrigar uma sala do Espaço Maker, onde os alunos podem ter aulas práticas de diversas disciplinas.

A aluna da 8ª série, Vitória Silva, de 12 anos, disse, ao chegar do Ceti, que se surpreendeu com a estrutura. Vinda de outra escola, ela acredita que a estrutura vai favorecer o aprendizado.

“Aqui eu vou aprender mais. Na minha escola não tinha isso, aqui tem, e eu gostei. São muitas novidades, vai me ajudar a aprender mais. Aqui eu me sinto bem para aprender coisas novas”, disse.

Vacinação

O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), também intensificou a vacinação contra a Covid-19 no município nesta segunda e terça-feira.

Nos dois dias, os postos ficam abertos das 8h às 17h. A campanha foi destinada para a população a partir de 12 anos.

Na segunda-feira, a Carreta da Vacina chegou ao município e está estacionada na rua Getúlio Vargas, ao lado da feira coberta, para a aplicação de doses dos imunizantes.

Nesta terça-feira, duas tendas recebem os interessados em se vacinar. Uma está instalada no Clube do Trabalhador, na avenida Barão do Rio Branco, Centro, e a outra na Escola Militar da Polícia Militar Jamil Seffair, na rua Carolina Fernandes.

Deixe um comentário