Você está visualizando atualmente Wilson Lima dá continuidade a tratativas com médicos para a manutenção dos serviços de saúde

Wilson Lima dá continuidade a tratativas com médicos para a manutenção dos serviços de saúde

Wilson Lima dá continuidade a tratativas com médicos para a manutenção dos serviços de saúde

Em continuidade às conversas com membros das empresas médicas que prestam serviços para o Estado, o governador Wilson Lima reuniu, na sede do Governo do Amazonas, nesta segunda-feira (19), com representantes da categoria para uma nova rodada de negociações de pagamentos, em que foram definidos os repasses referentes ao pagamento dos meses de novembro e dezembro de 2023. Com isso, fica garantida a continuidade dos serviços da rede pública estadual de Saúde.

Na reunião desta segunda-feira, o governador ressaltou que o Estado, mesmo com questões financeiras, segue disposto a honrar seus compromissos. Ficou acordado que os pagamentos referentes aos dois últimos meses de 2023 serão efetuados a partir do mês de março, em sete parcelas. Já o pagamento do mês corrente será realizado entre os dias 21 e 25 do mês seguinte.

Participaram do encontro na sede do governo cerca de 20 representantes de empresas médicas.

Os secretários estaduais Anoar Samad (Saúde), Flávio Antony (Casa Civil) e Sérgio Litaiff (de Governo) também estiveram na reunião, acompanhados de técnicos da Secretaria de Fazenda (Sefaz), designados pelo secretário Alex Del Giglio.

Em dezembro do ano passado, Wilson Lima já havia recebido a categoria para negociar os pagamentos referentes aos meses de agosto, setembro e outubro, que foram quitados pelo Estado até o mês de janeiro de 2024, iniciando uma nova rodada de negociação referentes aos pagamentos que haviam ficado pendentes. Na ocasião foi apresentada a situação fiscal do Estado, com queda na arrecadação que gerou uma perda de receita de aproximadamente R$600 milhões.

Segundo Francisco Santos, da Cooperativa de Neonatologia (Coopaneo), a proposta aceita pela categoria dá tranquilidade e segurança aos médicos.  “A gente entende a situação do Estado, mas o governador entendeu nossa situação também. Acho que você conseguir trabalhar tendo a calma que vai receber no mês seguinte, isso é importante. Então, a gente conseguiu o que a gente queria e para a gente continuar trabalhando com tranquilidade e segurança para poder prestar o melhor atendimento à população”, disse.

Cecília Granjeiro, da Clínica Neurocirúrgica do Amazonas (CNA), disse que na mesa de negociação foi possível chegar ao acordo esperado. “Tivemos uma reunião tranquila com o governador, com o secretário de Saúde, chegamos a um acordo e esperamos que tudo seja sanado e que as pendências sejam resolvidas o mais breve possível”, destacou.

“O governador, cumprindo com as reuniões, tinha sinalizado e nos recebeu para garantir que o trabalho siga normalmente e que ele consiga fazer os ajustes dentro do que o Estado pode, para trazer tranquilidade para os colegas que estão trabalhando e o serviço vai continuar normalmente”, disse Victor Hugo Barros, representante Cooperativa de Clínica Médica (Cooperclim).

Deixe um comentário