Você está visualizando atualmente Wilson Lima destaca efetividade das aeronaves no combate aos incêndios no estado

Wilson Lima destaca efetividade das aeronaves no combate aos incêndios no estado

Wilson Lima destaca efetividade das aeronaves no combate aos incêndios no estado

O governador Wilson Lima destacou, em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (9), que o suporte das aeronaves no combate às queimadas no estado tem ocasionado resultados promissores no estado. Em uma área de mata no Distrito de Cacau Pirêra, em Iranduba, os focos de incêndio foram reduzidos com o apoio da força-tarefa do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM).

O Governo do Amazonas conta com o apoio de quatro aeronaves para intensificar o combate aos incêndios. Uma foi cedida pelo governo do Estado de Mato Grosso do Sul; outra pelo governo do Distrito Federal, bem como uma aeronave foi cedida pela Marinha, e outra aeronave pertence à Secretaria de Segurança Pública (SSP/AM). Conforme o governador, o município de Autazes (a 113 quilômetros de Manaus) é outra região que vai receber esse reforço das aeronaves para conter o avanço das queimadas. 

“Essas aeronaves, sobretudo, a que recebemos do Distrito Federal, tem dado um resultado significativo, tendo em vista que conseguimos praticamente zerar os focos de incêndio na região do Cacau Pirêra, e temos a expectativa de que consigamos diminuir significativamente na região de Autazes, pois estamos levando uma aeronave para aquela área para ajudar no combate aos incêndios”.

O Governo do Amazonas tem atuado com rigor no combate às queimadas ilegais. Até o início deste mês, já foram aplicadas multas que, somadas, ultrapassam R$ 17 milhões, segundo o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam). “Há tratativas em que estamos avançando com o governo de São Paulo e Rio de Janeiro para receber aeronaves e outras estruturas para combater as queimadas”, disse o governador que, ainda, acompanhou o trabalho do Corpo de Bombeiros no controle e prevenção às queimadas, na área do Cacau Pirêra, na Região Metropolitana.

Suporte

O helicóptero vindo de Mato Grosso do Sul conta com o equipamento de bambi-bucket que tem capacidade de despejo de 550 litros de água. Já a aeronave vinda do Distrito Federal é um avião modelo Airtractor com capacidade para transportar 3,1 mil litros de água por viagem, sendo reabastecido com apoio de um caminhão-tanque do CBMAM.

Há, também, uma aeronave cedida pela Marinha, equipada com bambi-bucket com capacidade de despejo de 300 litros de água. Outra aeronave do Governo do Amazonas, do Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa) da Secretaria de Segurança Pública (SSP/AM), é empregada no transporte dos combatentes às áreas de difícil acesso.

Deixe um comentário