Você está visualizando atualmente Wilson Lima diz que energia de qualidade em Parintins é feito histórico e pede a Lula apoio para desenvolvimento da região

Wilson Lima diz que energia de qualidade em Parintins é feito histórico e pede a Lula apoio para desenvolvimento da região

Wilson Lima diz que energia de qualidade em Parintins é feito histórico e pede a Lula apoio para desenvolvimento da região

O governador do Amazonas, Wilson Lima, afirmou que os parintinenses vivem um momento histórico pelo acesso à energia elétrica de qualidade e pediu ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, apoio para o desenvolvimento do estado e da região. A declaração foi feita, nesta sexta-feira (04), durante visita do presidente a Parintins para anunciar, entre outras ações, a integração da cidade ao Sistema Nacional de Energia Elétrica, por meio do Linhão de Tucuruí.

Em discurso, Wilson Lima lembrou que desde sua juventude sabe que um dos sonhos do povo parintinense era ver o desligamento da “velha e barulhenta” termelétrica. Agora, segundo ele, o novo sistema representa o fim da queima de combustíveis fósseis e dos apagões, além de uma série de problemas enfrentados por comerciantes e moradores, possibilitando atrair mais investimentos.

“Hoje é um dia histórico para Parintins porque hoje mais de 100 mil pessoas, após décadas de espera, finalmente vão ter acesso ao sistema de energia elétrica de qualidade”, afirmou o governador, que também pediu ao presidente um olhar sobre pautas que vão trazer avanços para o desenvolvimento econômico e sustentável do estado, como a BR-319 e novas matrizes econômicas.

Wilson Lima também convidou Lula para o Festival Folclórico de Parintins de 2024, o que foi aceito pelo presidente. Por fim, reconheceu a abertura de diálogo mundial feita por ele para que o povo da Amazônia seja ouvido sobre a região e agradeceu por gestos como a manutenção da garantia constitucional da Zona Franca de Manaus diante da reforma tributária.

“Preciso fazer um reconhecimento ao diálogo que o senhor abriu com o mundo para falar sobre sustentabilidade, para falar sobre meio ambiente. Essa é uma oportunidade que o povo da Amazônia tem de falar sobre a Amazônia do ponto de vista de quem mora na Amazônia”, declarou Wilson Lima. “E o gesto que o senhor fez, juntamente com o ministro da Fazenda (Fernando Haddad), com o grupo de trabalho lá na Câmara, para manter a Zona Franca de Manaus, esse povo nunca vai esquecer”, completou o governador.

Lançamentos

Em Parintins, além da interligação ao sistema de energia elétrica do Brasil, que também alcançou os municípios de Itacoatiara (AM) e Juruti (PA), Lula relançou o Programa Luz para Todos, que começou em sua primeira gestão (2003), lançou o Programa de Descarbonização da Amazônia e assinou a Ordem de Serviço do Linhão Manaus-Boa Vista.

“A gente vai cuidar da Amazônia, mas não é do jeito que algumas pessoas falam. Cuidar da Amazônia é a gente começar dizendo que a gente não quer transformar a Amazônia em um santuário, que a gente quer cuidar de cada igarapé, a gente quer cuidar de cada animal, de cada passarinho, de cada flor, cuidar da nossa água, mas sobretudo do povo amazonense que mora aqui“, disse Lula, que recebeu o título de cidadão de Parintins.

Agenda de Lula

O evento com o presidente Lula reuniu, além do governador Wilson Lima e moradores da ilha, a primeira-dama do Brasil Janja da Silva; a primeira-dama do Amazonas Taiana Lima; o governador de Roraima, Antonio Denarium; o ministro das Minas e Energia, Alexandre Silveira; o prefeito da cidade Bi Garcia, além de parlamentares amazonenses, sendo realizado em um palco montado na Praça Digital, no centro da cidade, que contou com apresentações dos bois Caprichoso e Garantido e do hino nacional interpretado por David Assayag.

O Luz para Todos, relançado no evento, busca garantir o fornecimento de energia elétrica à população residente em regiões remotas da Amazônia Legal. Lula também lançou o Programa de Descarbonização da Amazônia, uma tentativa de substituir a dependência da região por geração de energia a combustíveis poluentes para atender as populações isoladas da região.

Quanto à assinatura de Ordem de Serviço do Linhão entre Manaus (AM) – Boa Vista (RR), o Governo Federal irá construir cerca de 715 km de linha de transmissão, sendo 425 km no estado de Roraima e 290 km no Amazonas. Desse total, cerca de 122 km passarão pela Terra Indígena Waimiri-Atroari, margeando a BR-174, rodovia federal que liga as duas capitais.

Após a agenda em Parintins, Lula segue para Santarém, no Pará, onde passa o fim de semana e, na segunda-feira (07/08), inaugura a Infovia 01, que faz parte do programa Norte Conectado. Ela liga a cidade paraense a Manaus por meio de cabo de fibra óptica implantado no leito dos rios amazônicos. Outras cidades, como Parintins, estão contempladas.

Nos dias 8 e 9, o presidente da República estará em Belém para a Cúpula da Amazônia, sua última agenda na região, onde os chefes de Estado dos oitos países amazônicos, além de governadores como Wilson Lima, se reunirão para discutir uma política conjunta de desenvolvimento sustentável para a região.

Deixe um comentário