Você está visualizando atualmente Wilson Lima e o vice-presidente Alckmin entregam nova unidade do projeto Água Boa em Iranduba

Wilson Lima e o vice-presidente Alckmin entregam nova unidade do projeto Água Boa em Iranduba

Wilson Lima e o vice-presidente Alckmin entregam nova unidade do projeto Água Boa em Iranduba

O governador Wilson Lima, o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin, e ministros do Governo Federal, entregaram uma nova estrutura do projeto Água Boa, do Governo do Amazonas, na comunidade do Catalão, em Iranduba. O purificador inaugurado, nesta quarta-feira (04), vai beneficiar, aproximadamente, 120 famílias e 480 pessoas.

“Essa água aqui é do rio, tratada”, informou o governador ao vice-presidente, que tomava um copo da água oriunda do purificador. Wilson Lima também explicou que a estrutura possui uma caixa para armazenar 5 mil litros de água captada, que passa por um purificador e fica apta para o consumo humano, e também uma bomba para distribuição.

Acompanharam o governador na agenda, além do vice-presidente Alckmin, os ministros Marina Silva (Meio Ambiente e Mudança Climática), Sônia Guajajara (Povos Indígenas), Waldez Góes (Integração e Desenvolvimento Regional), Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos), Alexandre Silveira (Minas e Energia), José Mucio Monteiro (Defesa) e outros representantes do Governo Federal, que vieram acompanhar a situação da estiagem no Amazonas.

Também estiveram presentes o senador Omar Aziz; os deputados federais Amom Mandel, Sidney Leite e Saullo Viana; o secretário executivo da Defesa Civil, cel. Francisco Máximo; e o prefeito de Manaus, David Almeida.

Somente neste período de estiagem, 29 estruturas do tipo já foram entregues pelo Estado, por meio da Defesa Civil do Amazonas, beneficiando 1 mil famílias nos municípios de Uarini (2), Urucurituba (3), Careiro da Várzea (7), Itacoatiara (3), Codajás (5), Fonte Boa (8) e Iranduba (1), beneficiando 4 mil pessoas e 1 mil famílias, aproximadamente.

Funcionamento

Os novos purificadores funcionam com base em um sistema bem simples, que coleta a água diretamente dos rios e a leva, por meio de tubos, para uma caixa d’água, que passa pelo processo de separação de impurezas.

Com a água já clara, ela recebe a adição de cloro para ser desinfectada. Em seguida, passa por um filtro que contém minerais para realizar uma maior purificação. Após isso, basta ligar a torneira e a água, totalmente tratada, está potável e pronta para o consumo.

Os agentes da Defesa Civil estadual também orientam os moradores quanto ao funcionamento, a manutenção e a realização do procedimento de limpeza da água.

Projeto Água Boa

Idealizado e implementado na gestão do governador Wilson Lima, a partir de 2019, o projeto Água Boa conta com unidades implantadas da Defesa Civil e da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama).

Atualmente, a Defesa Civil contabiliza, aproximadamente, 400 purificadores instalados em 49 municípios do estado. Por parte da Cosama, o projeto Água Boa está presente em 13 municípios do interior, atendendo 27 comunidades ribeirinhas com 33 sistemas instalados.

Deixe um comentário