Você está visualizando atualmente Wilson Lima reforça segurança pública com compra de equipamentos e concurso público

Wilson Lima reforça segurança pública com compra de equipamentos e concurso público

Wilson Lima reforça segurança pública com compra de equipamentos e concurso público

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), entregou na manhã desta segunda-feira, 19, mais de R$ 12 milhões em equipamentos para reforçar a Segurança Pública do Estado. Ainda durante a solenidade, também foi anunciado que a Polícia Militar terá a maioria das vagas do concurso público para as Forças de Segurança do Amazonas, que deve ser realizado até o final do ano. Das mais de 2,5 mil vagas anunciadas pelo governo, 1.350 serão destinadas para a PM.

Durante solenidade, o governador admitiu que o efetivo das forças de segurança está defasado. Há mais de dez anos, o estado não realizava concursos para a área. A abertura das vagas deve atender os órgãos que compõem o sistema de segurança.

Confira distribuição das vagas:

Ao todo, serão 1.350 vagas para a Polícia Militar; 453 para o Corpo de Bombeiros; 362 para a Polícia Civil; 210 para o Detran-AM; e 150 vagas para a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Polícia Militar: 1.000 vagas para aluno soldado e 350 vagas para aluno oficial, com remuneração que varia de R$ de 2.657,28 a R$ a 7.180, 34.

Corpo de Bombeiros: 400 vagas para aluno soldado e outras 53 para aluno oficial, com pagamentos que vão de R$ de 2.657,28 a R$ a 7.180, 34.

Polícia Civil: 62 vagas para delegado, 62 vagas para escrivão, 200 vagas para investigador e 38 vagas para perito. As remunerações variam entre R$ 11.281,26 e R$ 20.449,05.

Detran-AM: 150 vagas para nível Superior e 60 vagas para nível Médio, com salários de R$ de 2.300 a R$ 5.500.

Secretaria de Segurança Pública: 140 vagas para assistente operacional e outras 10 vagas para técnico de nível Superior. Os pagamentos vão de R$ de 1.350,19 a R$ 2.764,68.

O anúncio do concurso foi feito logo após o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) ter ajuizado uma Ação Civil Pública solicitando que o governo realize concurso público para sete órgãos estaduais.

Pelo MP, foi constatado que há déficit de servidores efetivos e, em alguns órgãos, número excessivo de cargos comissionados em relação ao quadro de efetivos.

“Queremos realizar o concurso ainda este ano, no final do ano. A nossa expectativa de que as provas possam ser realizadas. E, no ano que vem, a gente começa o nosso trabalho de preparação desses policiais. No momento em que sair esse resultado, as pessoas serão chamadas de imediato”, disse o governador Wilson Lima.

Deixe um comentário