Wilson Lima repudia fala de Josué Neto sobre Lei do Gás

Wilson Lima repudia fala de Josué Neto sobre Lei do Gás

Wilson Lima repudia fala de Josué Neto sobre Lei do Gás

Wilson Lima (PSC) repudiou a declaração do deputado Josué Neto (PRTB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), e a chamou de “leviana e irresponsável”.

Anúncios

“É leviana e irresponsável qualquer acusação que faça menção a interesse meu. Não tenho nenhum interesse pessoal e particular no caso. Mas não permitirei que uma decisão tão importante para o Estado do Amazonas, que define questões econômicas fundamentais, seja tomada de maneira intempestiva. Daí porque optei por buscar estudos e avaliações técnicas que embasem minha decisão. O que está em pauta é o futuro do povo do Amazonas e não questões meramente políticas”, disse Wilson Lima.

A reação foi ao discurso de Josué, noticiado no Direto ao Ponto, na sessão híbrida da Aleam na manhã desta terça-feira (14).

“É leviana e irresponsável qualquer acusação que faça menção a interesse meu. Não tenho nenhum interesse pessoal e particular no caso. Mas não permitirei que uma decisão tão importante para o Estado do Amazonas, que define questões econômicas fundamentais, seja tomada de maneira intempestiva. Daí porque optei por buscar estudos e avaliações técnicas que embasem minha decisão. O que está em pauta é futuro do povo do Amazonas e não questões meramente políticas”, disse Wilson Lima.

De acordo com o Governo do Amazonas, o parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE) apontou a inconstitucionalidade da referida Lei do Gás, vetada por “afrontar a Constituição Federal”, que estabelece que cabe à União legislar sobre recursos minerais, e também a Constituição Estadual, tendo em vista que a lei criava obrigações à administração estadual, matéria que é de competência do Executivo.

Deixe um comentário