Zé Ricardo cobra, mas Marcelo Ramos não dará prosseguimento a pedido de impeachment de Bolsonaro

Zé Ricardo cobra, mas Marcelo Ramos não dará prosseguimento a pedido de impeachment de Bolsonaro

Zé Ricardo cobra, mas Marcelo Ramos não dará prosseguimento a pedido de impeachment de Bolsonaro

Anúncios

O deputado federal José Ricardo (PT) cobrou do presidente interino da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), o acolhimento de um dos mais de 120 pedidos de impeachment de Jair Bolsonaro (sem partido) protocolados na Casa. No entanto, Ramos foi taxativo ao afirmar que não pautará matérias polêmicas na ausência do presidente Arthur Lira (PP-AL).

Segundo o parlamentar petista, o momento seria oportuno, já que Ramos é advogado e possui conhecimentos jurídicos para acatar aos pedidos, que atendem requisitos Constitucionais.

“Marcelo Ramos, agora como presidente da Câmara dos Deputados, poderia aceitar um dos mais de 120 pedidos de impeachment contra Bolsonaro. Acredito que, com seu conhecimento jurídico, confirmará que a maioria dos pedidos atendem requisitos constitucionais, que Arthur Lira não via”, escreveu Zé Ricardo no Twitter.

Na manhã da última terça-feira (6), Marcelo Ramos se encontrou com um grupo de agentes comunitários de saúde e de endemias e sem se referir ao pedido de impeachment de Bolsonaro, do qual tem poder absoluto para fazê-lo neste momento, indicou que não tomará tal decisão.

“Como presidente provisório da Câmara, não vou colocar em votação nenhum projeto que não tenha sido acordado anteriormente com o presidente Arthur Lira”, declarou o deputado.

Deixe um comentário