Você está visualizando atualmente A nova marca do velho PAC

A nova marca do velho PAC

A nova marca do velho PAC

Lula (PT) marcou para esta sexta-feira (11), no Rio de Janeiro, o lançamento do Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento, na foto), com a intenção de que ele seja uma vitrine de seu terceiro mandato como presidente.

Segundo a Folha, o petista pretende incluir na nova versão do PAC “projetos como a Ferrogrão (plano de ferrovia que corta a Amazônia), um trem de passageiros entre São Paulo e Campinas e uma ponte entre o Brasil e o Uruguai”.

Mas não só: Lula também quer colocar no balaio do programa obras “que atravessaram diferentes governos e permanecem sem conclusão”, registra o jornal paulistano. Entre elas está a de Angra 3, usina nuclear iniciada nos anos 80, com obras paralisadas naquela década e retomada pelo petista em 2009.

Tem mais: outra obra que deve entrar no novo PAC é refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, símbolo da corrupção nos governos do PT.  Orçada inicialmente em US$ 2,3 bilhões, sua construção estava custando, nove anos depois, US$ 18,5 bilhões, o equivalente a oito vezes o valor inicial. A obra foi suspensa pela hoje falecida Operação Lava Jato.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário