Você está visualizando atualmente Após pedido dos militares, TSE fará teste de integridade em 56 urnas em 18 estados

Após pedido dos militares, TSE fará teste de integridade em 56 urnas em 18 estados

Após pedido dos militares, TSE fará teste de integridade em 56 urnas em 18 estados

Após diversos pedidos dos integrantes das Forças Armadas, o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, anunciou há pouco que a Corte realizará um segundo teste de integridade em 56 urnas eletrônicas, em 18 estados e mais Distrito Federal.

Essa nova amostrarem representa 8,79% dos equipamentos que já seriam auditados no teste de integridade tradicional. Ao todo, a Corte Eleitoral fará inspeções em 641 urnas durante as eleições deste ano.

Neste novo teste, o eleitor convidado participa de uma simulação eleitoral filmada, onde votos em papel são digitados na urna eletrônica. Estes votos serão contados e o resultado comparado à totalização da urna.

“A única diferença do projeto-piloto para o teste que já é feito é que usará a biometria do eleitor. É necessário isso? Isso vai melhorar o teste de integridade? É isso que vamos verificar, para ver se vale a pena ampliar isso pata todas as seções ou se manteremos o teste de integridade como já existe”, disse o presidente do TSE, Alexandre de Moraes.

A adoção do teste foi vista como uma concessão da corte eleitoral aos militares, que sugeriram a proposta. As forças armadas alegam que a adoção da biometria traz o teste o mais perto possível da realidade.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário