You are currently viewing Bolsonaro ameaça não renovar concessão pública da TV Globo

Bolsonaro ameaça não renovar concessão pública da TV Globo

Bolsonaro ameaça não renovar concessão pública da TV Globo

Anúncios

O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a ameaçar ontem (12) a renovação da concessão pública da TV Globo.

Conforme o Estadão, o presidente disse que a emissora carioca poderá “enfrentar dificuldades” para obter a renovação da outorga de serviços de radiodifusão.

Em entrevista ao ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PROS), na Rádio Tupy, Bolsonaro declarou:

“A renovação da concessão da Globo é logo após o primeiro turno das eleições deste ano. E, da minha parte, para todo mundo, você tem que estar em dia. Não vamos perseguir ninguém, nós apenas faremos cumprir a legislação para essas renovações de concessões. Temos informações de que eles vão ter dificuldades”.

E completou:

“Com todo respeito, eu sou um herói nacional. Sempre disseram que ninguém resiste a dois meses de Globo. Eu estou resistindo.”

A publicação que Notícias ao Minuto repercutiu destaca que ao longo do mandato, Bolsonaro deu diversas declarações dúbias, que deixam dúvidas sobre sua intenção de não recomendar a renovação da outorga à empresa da família Marinho.

Ele costuma usar essas declarações como forma de mobilizar seus simpatizantes, principalmente nas redes sociais, contra a emissora.

Desse modo, em uma delas, disse que a empresa deveria estar “arrumadinha”, do ponto de vista tributário.

Apesar de sugerir a não renovação do canal aberto da Globo, Bolsonaro não tem o poder de decisão sobre contra a TV Globo e outras concessões.

Por exemplo, pela lei em vigor, cabe ao presidente apenas indicar uma posição por meio de decreto, mas a palavra final é do Congresso Nacional.

Deixe um comentário