You are currently viewing Bolsonaro veta salário-maternidade a grávidas sem vacina

Bolsonaro veta salário-maternidade a grávidas sem vacina

Bolsonaro veta salário-maternidade a grávidas sem vacina

Jair Bolsonaro (PL) sancionou, com vetos, nesta quinta-feira (9) o projeto de lei com regras para o retorno de grávidas ao trabalho presencial.

Anúncios

O presidente vetou o trecho que estabelecia o pagamento de salário-maternidade para gestantes que não completaram sua imunização e que não podem realizar trabalho remoto.

O benefício também foi vetado para mulheres que tiveram interrupção na gravidez. A lei previa pagamento do benefício desde o início do afastamento até 120 dias.

Os vetos atenderam a um pedido do Ministério da Economia. Segundo a pasta, a concessão do benefício é diversa ao que determina a lei para o auxílio maternidade.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário