You are currently viewing Comissão do Senado aprova piso salarial para agentes comunitários de saúde

Comissão do Senado aprova piso salarial para agentes comunitários de saúde

Comissão do Senado aprova piso salarial para agentes comunitários de saúde

Anúncios

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 9/22) que altera as regras para o pagamento de agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias (ACS’s e ACE’s, respectivamente). O texto, que ainda precisa ser votado pelo plenário, prevê um piso salarial nacional de dois salários mínimos, o equivalente, hoje, a R$ 2.424.

O relatório do senador Fernando Collor (PTB-AL) manteve o texto que foi aprovado na Câmara dos Deputados, justificando que a proposta representa um avanço para a valorização do trabalho desses profissionais, que, segundo ele, não recebem remuneração compatível com a importância de suas atividades.

A PEC prevê ainda que os vencimentos dos agentes sejam pagos pela União e que os valores destes pagamentos sejam previstos no Orçamento com indicação de recursos próprios e especificados.

O texto também prevê adicional de insalubridade e aposentadoria especial devido aos riscos inerentes às funções desempenhadas, e determina que estados, Distrito Federal e municípios deverão estabelecer outras vantagens, incentivos, auxílios, gratificações e indenizações a fim de valorizar o trabalho desses profissionais.

Atualmente, há, no Brasil, cerca de 400 mil agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias.

Deixe um comentário