Como o cerco da PGR à Lava Jato beneficia petistas e tucanos

Como o cerco da PGR à Lava Jato beneficia petistas e tucanos

Como o cerco da PGR à Lava Jato beneficia petistas e tucanos

A guerra aberta pela Procuradoria-Geral da República contra a Lava Jato tem como principal alvo a “matriz” de Curitiba, mas o desmonte das forças-tarefas dedicadas a combater o maior esquema de corrupção já descoberto no país deve produzir um impacto ainda pior na “filial” de São Paulo, onde os inquéritos envolvem, principalmente, os esquemas do PT e do PSDB.

Anúncios

A maior ameaça às investigações está na extinção da dedicação exclusiva dos procuradores que compõem as forças-tarefas, justamente uma das chaves do sucesso da Lava Jato.

A intenção ficou evidente na última última sexta-feira, 24, quando a PGR lançou um edital para recrutar colaboradores para os grupos de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília. Nenhum deles terá exclusividade no combate à corrupção.

Deixe um comentário