Você está visualizando atualmente Eleição no STF gera risada entre ministros: “Vai colocar esse pessoal no inquérito”

Eleição no STF gera risada entre ministros: “Vai colocar esse pessoal no inquérito”

Eleição no STF gera risada entre ministros: “Vai colocar esse pessoal no inquérito”

Na tarde desta quarta-feira (9), durante a mesma sessão em que oficializou o nome de Luís Roberto Barroso como o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), os ministros da corte também procederam à votação para escolher o vice-presidente. A escolha recaiu sobre Edson Fachin, em um rito que, embora formal, ganhou ares de descontração.

O processo de votação para o cargo de vice-presidente é essencialmente simbólico, uma vez que a sucessão na liderança do STF é determinada pelo critério de antiguidade. Logo, o papel de vice-presidente já estava naturalmente destinado a Fachin.

A ‘apuração dos votos’ revelou um placar peculiar de 10 votos a favor de Fachin e apenas 1 voto para o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes. O resultado gerou momentos de humor durante a sessão.

Quando Rosa Weber, que está deixando a presidência do tribunal, anunciou o resultado com um sorriso, Moraes não perdeu a oportunidade de brincar: “É que a votação não foi no TSE”. A situação provocou risos entre os presentes, e Gilmar Mendes complementou a brincadeira dizendo: “Vai colocar esse pessoal no inquérito”.

Deixe um comentário