Eleições 2022 | Huck diz que vai substituir Faustão e descarta concorrer à Presidência

Eleições 2022 | Huck diz que vai substituir Faustão e descarta concorrer à Presidência

Eleições 2022 | Huck diz que vai substituir Faustão e descarta concorrer à Presidência

O apresentador Luciano Huck descartou nesta quarta-feira (16) concorrer à Presidência da República nas eleições 2022. Em entrevista ao programa Conversa com Bial, da TV Globo, Huck confirmou que vai substituir o programa de Faustão aos domingos na emissora.

Anúncios

“Eu nunca me lancei oficialmente como candidato a nada, para deixar claro, então não estou retirando uma candidatura”, justificou o apresentador, embora o nome dele seja ventilado nos bastidores por partidos de centro na construção da terceira via frente à polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e Lula.

Ao comentar sobre a candidatura que não se concretizou nas últimas eleições, quando Jair Bolsonaro foi eleito, Huck disse que seria “irresponsabilidade” dizer que havia uma “oportunidade”.

“Em 2018, eu disse não [à candidatura] porque o sistema estava sofrido, o establishment estava derretido. Talvez tivesse uma oportunidade ali. Mas eu não consigo enxergar um cargo dessa responsabilidade, desse tamanho, como uma oportunidade. Isso seria uma irresponsabilidade”, afirmou.

Huck flertou com partidos

Huck mantinha conversas com seis partidos em 2021. Chegou a se aproximar do PSB depois que o DEM sinalizou apoio ao governo Bolsonaro. Depois, o apresentador teve o nome sondado pelo PSDB, Podemos, Cidadania e PSD. No entanto, não chegou a acertar a filiação partidária.

O nome entraria como opção na chamada terceira via, entre Bolsonaro e Lula, diante da polarização apresentada nas pesquisas eleitorais e concorreria com o do governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Pesquisas eleições 2022

Luciano Huck não chegou a ganhar destaque nas pesquisas eleitorais apresentadas por diversos institutos, mas sempre esteve entre outros possíveis candidatos de centro.

Na pesquisa Datafolha de maio o apresentador apareceu com 4% das intenções de voto, atrás de Lula, com 41%, Bolsonaro, 23%, Sergio Moro (7%). No entanto, aparece empatado tecnicamente com Ciro Gomes (6%) e João Doria (3%), pela margem de erro de dois pontos percentuais.

Em junho, a pesquisa eleitoral XP/Ipespe coloca Huck em quinto lugar, com 4% das intenções de voto. Pela margem de erro de 3,2 pontos percentuais está empatado tecnicamente com Ciro Gomes (6%), Luiz Henrique Mandetta (3%), Doria (3%) e Guilherme Boulos (2%).

Voto em branco nas eleições 2018

Huck disse ainda durante a entrevista à TV Globo que votou em branco nas eleições 2018, em relação à disputa entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro. “Acho que naquela circunstância é o que eu deveria ter feito e fiz com bastante tranquilidade”, justificou o apresentador.

“Dos dois candidatos que se apresentavam naquela época, eu não me sentia representado por nenhum dos dois. E achei melhor votar em branco. Foi o que eu fiz. Eu não me arrependo, eu votei em branco e votaria em branco de novo.”

Questionado por Bial, evitou confirmar se votaria novamente em branco em 2022. “Nesse momento, não estamos falando sobre A ou B. Estamos falando sobre quem defende e quem não defende a democracia. Quem defende estará de um lado e quem não defende estará do outro. E eu estarei sempre do lado da democracia.”

Fonte: Gazeta do Povo

Deixe um comentário