Eram ataques à China, mas não eram ataques à China?

Eram ataques à China, mas não eram ataques à China?

Eram ataques à China, mas não eram ataques à China?

Na CPI da Pandemia, para a surpresa de ninguém, Ernesto Araújo está sendo emparedado por senadores após dizer que “jamais promoveu” atrito com a China.

Anúncios

O ex-chanceler, visivelmente nervoso, tenta dizer que fez críticas ao embaixador da China no Brasil, mas não à China.

“Não entendo minhas declarações como ‘anti-chinesas’.”

Também tenta explicar, gaguejando, o termo “comunavírus”, usado por ele em artigo publicado quando era ministro das Relações Exteriores.

Eram ataques à China, mas não eram ataques à China, senhores.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário