Você está visualizando atualmente Fila do INSS nunca vai acabar, diz ministro do governo Lula

Fila do INSS nunca vai acabar, diz ministro do governo Lula

Fila do INSS nunca vai acabar, diz ministro do governo Lula

O Ministro da previdência social, Carlos Lupi, afirmou na última quarta-feira (03) que a fila para análise da concessão de benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) nunca vai acabar. A declaração fez referência ao fato de que o órgão recebe de 900 mil a 1 milhão de pedidos mensalmente.

Em uma formação de novos servidores do INSS, Lupi ressaltou que nunca mencionou que ia acabar com a fila, mas sim que haveria a instauração de um prazo de 45 dias para que os cidadãos que esperam pelo benefício recebam uma resposta.

Ele considera que resolver a questão não é simples, pois, é necessária uma análise justa dos documentos.

Humanização no atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social

Para 2024, a meta estabelecida é diminuir o tempo de espera em até 30 dias para a conclusão do benefício. Dessa forma, o cidadão que realizar o pedido poderá ter seu processo concluído ainda no mesmo mês.

Outra meta importante estabelecida para este ano é a humanização do atendimento do INSS. Lupi aponta que é preciso aproximar o órgão dos cidadãos, sem que isso signifique a substituição da presença física nas agências.

Além do seu papel fundamental na aposentadoria, a Previdência Social também concede outros benefícios como:

  • Auxílio-doença
  • Salário-maternidade
  • Pensão por morte
  • E muitos outros.

Portanto, vale reforçar a importância do INSS para os trabalhadores brasileiros e lembrar que as metas estabelecidas visam melhorar a experiência do cidadão com o órgão.

Fila do INSS não vai acabar

É importante reiterar que a afirmação de que a fila do INSS irá acabar é incorreta. O ministro da Previdência Social deixou claro em seu pronunciamento que a intenção é diminuir o prazo de espera para a concessão dos benefícios.

Metas para a fila do INSS em 2024

As metas adiantadas pelo ministro envolvem a redução do prazo para a conclusão do processo de concessão do benefício para até 30 dias.

Além disso, está inserida na lista de metas a intenção de “humanizar” o atendimento ao público, aproximando o INSS das pessoas e sem prever a eliminação do atendimento presencial nas agências.

Consultas

Para quem precisa realizar consultas ao INSS, além das agências físicas, é possível utilizar:

  • Central de Atendimento 135
  • Aplicativo Meu INSS (iOS e Android).

Ambas as opções permitem que o cidadão faça consultas de maneira prática e sem sair de casa.

É importante sempre buscar informações confiáveis e atualizadas sobre o INSS e sua administração, uma vez que se trata de um órgão de extrema importância para os trabalhadores brasileiros.

As metas estabelecidas visam sempre melhorar a qualidade do serviço prestado ao cidadão.

Lembramos ainda que a informação é uma das ferramentas mais importantes para que o cidadão possa entender seus direitos e saber como exigir que eles sejam cumpridos. Portanto, mantenha-se sempre informado.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário