You are currently viewing Fux pede que ano eleitoral seja marcado pela tolerância e dá recado a Bolsonaro

Fux pede que ano eleitoral seja marcado pela tolerância e dá recado a Bolsonaro

Fux pede que ano eleitoral seja marcado pela tolerância e dá recado a Bolsonaro

O presidente do STF, Luiz Fux, pediu, na abertura do ano judiciário nesta terça-feira (1º), que o ano eleitoral seja marcado pela estabilidade e pela tolerância. A sessão ocorreu por meio de videoconferência.

Anúncios

“Não há mais espaços para ações contra o regime democrático e para violência contra as instituições públicas”, disse.

Jair Bolsonaro (PL) foi convidado, mas ele informou à Corte que não participaria. Fux afirmou hoje que o presidente não compareceu para sobrevoar áreas atingidas pela chuva em São Paulo.

Fux lembrou que a política e as eleições despertam paixões acerca de candidatos, de ideologias e de partidos.

“Embora esses sejam sentimentos legítimos, a política também deve ser visualizada pelos cidadãos como a ciência do bom governo. Por sua vez, as eleições devem ser uma oportunidade coletiva para realizarmos escolhas virtuosas e votos conscientes voltados à prosperidade nacional.  Os debates acalorados nesses momentos são comportamentos esperados em um ambiente deliberativo marcado pela pluralidade de visões”, disse.

Para o presidente do STF, com os dissensos da arena política, a democracia não comporta disputas baseadas no “nós contra eles”.

“Em verdade, todos os concidadãos brasileiros devem buscar o bem-estar da nação, imbuídos de espírito cívico e de valores republicanos. O período eleitoral deve nos servir de lembrança do quão importante é cultivar os valores do constitucionalismo democrático, com a fiscalização de seu cumprimento diuturnamente”, afirmou o ministro.

Fux também disse que a pauta de julgamentos do Supremo, neste primeiro semestre de 2022, continuará dedicada às agendas da estabilidade democrática e da preservação das instituições políticas do país.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário