Você está visualizando atualmente Gilmar Mendes na torcida contra PEC que limita mandatos no STF

Gilmar Mendes na torcida contra PEC que limita mandatos no STF

Gilmar Mendes na torcida contra PEC que limita mandatos no STF

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta quarta-feira (7), que espera que o Congresso Nacional não vote a criação de mandato para ocupantes do cargo. A proposta é encampada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

“Nós não esperamos que seja votada uma matéria dessa forma, ou [esperamos] pelo menos que isso mereça uma discussão muito mais refletida. Mas vamos conversar”, disse Gilmar na chegada à Câmara dos Deputados para receber a Medalha do Mérito Legislativo 2023.

Na última segunda-feira, 5, durante abertura do ano legislativo, Pacheco defendeu que a medida entrará em pauta no Senado neste ano. Atualmente, uma Proposta de Emenda à Constituição em tramitação na Casa prevê também que três ministros da Suprema Corte sejam escolhidos pelo Senado, três pela Câmara e cinco pelo presidente da República, entre ministros de tribunais superiores, desembargadores ou juízes de tribunais, com mais de 55 anos de idade.

Limites

Atualmente, é o presidente da República quem indica os 11 ministros, que assumem após aval do Senado. Essa PEC foi apresentada em 2019 pelo senador Ângelo Coronel (PSD-BA) e, se for discutida, deve incorporar outra, protocolada no ano passado.

Esta segunda define o mandato de 15 anos, sem chance de recondução, e a idade para assumir a cadeira entre 50 e 75 anos de idade. Nenhum texto foi votado ainda.

Combateremos privilégios e discutiremos temas muito relevantes, como decisões judiciais monocráticas, mandatos de Ministros do Supremo Tribunal Federal e reestruturação de carreiras jurídicas, considerando as especificidades e a dedicação exclusiva inerentes ao Poder Judiciário”, disse Pacheco na última segunda. 

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário