Você está visualizando atualmente Lira e Pacheco disputam em lista tríplice do TST

Lira e Pacheco disputam em lista tríplice do TST

Lira e Pacheco disputam em lista tríplice do TST

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) definiu a lista tríplice para a vaga da classe de advogados aberta com a vacância do ministro Emmanoel Pereira. Estão na disputa os advogados Adriano Costa Avelino, alinhado ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e Antônio Fabrício de Matos Gonçalves, ligado ao senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente do Senado.

Também integra a lista a advogada Roseline Rabelo de Jesus Morais. A lista tríplice foi fechada na segunda-feira (22), e será remetida ao presidente Lula, para escolha do próximo ministro. O nome definido pelo presidente ainda depende de sabatina e votação no Senado. 

A disputa entre Lira e Pacheco chega em péssima hora para Lula. O governo do petista trata de desarmar pautas-bomba no Congresso, que podem dificulta ainda mais as promessas de responsabilidade fiscal feitas pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

“Não acho que tenha problema”

Lula negou nesta terça-feira (23), que o seu governo esteja em crise com o Congresso Nacional. Mas o petista admitiu que teve uma conversa com o presidente da Câmara depois de embates do deputado com o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

“Eu sinceramente não acho que a gente tenha problema no Congresso. A gente tem as situações que são as coisas normais da política”, declarou em um café com jornalistas no Palácio do Planalto.

“Qual é a briga com o Congresso? É o normal da divergência da política, num Congresso Nacional que tem vários partidos políticos, que tem programas diferentes. A coisa mais normal é que, quando você dê entrada com um projeto de lei ou uma medida provisória, tenha gente que queira incluir ou tirar alguma coisa”, completou Lula.

O petista deve se reunir, ainda nesta semana, com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A data não foi divulgada, e é possível que, assim como ocorreu com Arthur Lira, o encontro aconteça fora das agendas oficiais.

Fonte: O Antagonista

Deixe um comentário