Você está visualizando atualmente Lula ataca pastores e diz para acusadores que “o inferno os aguarda”

Lula ataca pastores e diz para acusadores que “o inferno os aguarda”

Lula ataca pastores e diz para acusadores que “o inferno os aguarda”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) utilizou seu discurso durante a cerimônia de ampliação da Refinaria Abreu e Lima, em Ipojuca, para criticar pastores, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e a Operação Lava Jato, na tarde desta quinta-feira (18).

Ao se referir à Lava Jato, sem mencionar nomes, Lula afirmou que o que ocorreu no país foi uma “mancomunação entre alguns juízes deste país com os Estados Unidos” e destacou que “pastores que mentiram vão para o inferno”.

Lula, presidente na época da inauguração da refinaria, conhecida como a “refinaria mais cara do mundo”, relembrou sobre o início do projeto em parceria com a Venezuela, agradecendo por o Brasil ter tocado a obra sozinho. Também mencionou episódios de sua prisão nos anos 1980 e a negação de autorização para o enterro de seu irmão, Vavá, em 2019.

A refinaria fez parte de um esquema de corrupção, com irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela operação Lava Jato. Inicialmente, o projeto deveria custar US$ 2 bilhões, mas consumiu ao menos US$ 18,5 bilhões.

Durante as críticas à Lava Jato, Lula abordou a eleição de 2018, referindo-se a Bolsonaro como “psicopata” e acusando pastores de mentir. Sem citar nomes, declarou que “as pessoas que me acusaram estão apodrecendo porque sabem que mentiram, e sabem que o inferno os aguarda por tanta mentira.”

“As pessoas que me acusaram estão apodrecendo porque sabem que mentiram, e sabem que o inferno os aguarda por tanta mentira. Os pastores sabem que mentiram, sabem que estão mentindo e que Deus está vendo. Entretanto, faz parte de um jogo sórdido, talvez o pior que já vi”, disse Lula, sem citar nomes.

Fonte: Gospel Prime

Deixe um comentário