You are currently viewing Lula diz que STJ foi “condescendente” com Deltan: ‘Eu queria R$ 1 milhão’

Lula diz que STJ foi “condescendente” com Deltan: ‘Eu queria R$ 1 milhão’

Lula diz que STJ foi “condescendente” com Deltan: ‘Eu queria R$ 1 milhão’

Anúncios

Em entrevista à Rádio Super Notícia, de Minas Gerais, Lula prometeu abrir mais processos contra quem “espalhou mentiras” contra ele.

Na terça-feira (22), o ex-coordenador da Lava Jato Deltan Dallagnol foi condenado a pagar R$ 75 mil, com juros e correção monetária, por causa do PowerPoint em que apresentou as acusações contra o petista, em 2016.

Lula afirmou que o STJ foi “condescendente” com o ex-procurador e disse que gostaria de receber R$ 1 milhão. É inacreditável.

“Eu não tenho ódio, eu estou leve. Mas isso não quer dizer que eu vou esquecer o que aconteceu comigo e com a minha família. Eu ainda vou abrir alguns processos contra as pessoas que espalharam tanta mentira contra mim. Não vai ser agora, no meio da campanha eleitoral, mas vai acontecer. Eu fiquei satisfeito com a condenação de ontem no caso do PowerPoint. Eu tinha pedido R$ 1 milhão, os juízes disseram que ele não ganha tanto assim e foram condescendentes. Mas já está bom.”

Segundo o petista, a imprensa brasileira deveria se retratar com ele, assim como o Ministério Público. Lula chamou os procuradores da Lava Jato de “meninada messiânica”.

“As pessoas que fizeram acordos com revistas, jornais, TVs, para passar informação falsa: isso não pode ficar por isso mesmo. Eu tive 13 horas de matérias contra mim no Jornal Nacional em 9 meses. A Globo deveria pedir ao Bonner que faça um editorial, dizendo que a emissora foi enganada pela força-tarefa de Curitiba. E eu espero também que o próprio Ministério Público repare essas situações, porque uma instituição dessa importância não pode fazer denúncia sem prova para ganhar manchete. Não pode acontecer de novo o que essa meninada messiânica fez contra mim.”

Deixe um comentário